Taciana Valença 1 de novembro de 2021

[email protected]

Poeta sem vergonha é assim, aproveita o texto do dia do poeta do ano passado e posta hoje, porque não tá a fim de escrever. É que poeta é assim mesmo, meio sem vergonha, um tanto de boa demais. Esquece datas, versos, se refaz nos restos.

Poeta é esse ser que se acha feliz por ser incompleto. No fundo ele sabe que definir-se seria seu fim. Portanto ele é assim, escreve quando está a fim.

Adoro poetas que escrevem o que dá na telha, na calha, na folha, no chão de todo lugar.
Se algo caiu tem sempre um poeta para apanhar.

Conheço poetas de alma, que não gostam de escrever versos, mas que são mais poetas do que qualquer poeta. Desse povo que escreve, fala, ri, chora, conversa e percebe a vida com o coração, com humanidade. Desse povo de verdades, que deixa nosso dia mais feliz.

A todos os poetas de alma, parabéns pela data.

Obs: A autora é poeta, administradora e editora da Revista Perto de Casa.
http://pertodecasa.rec.br/

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I