Ina Melo 18 de outubro de 2021

[email protected]
http://www.blogdeinamlo.blogspot.com.br/
http://meloina.blogspot.com.br/
http://www.inamelo.blogspot.com.br/

Essas folhas caídas, são pedaços de sonhos que os ventos do Outono espalham nesse tão amado Jardim. Não lembro das vezes que por aqui passei. Amo esse lugar habitado por frios deuses de mármore. Prefiro-o nessa época por conta do silêncio, apenas cortado pelo sopro do vento nas folhas caídas. Aqui,  eu sempre me reencontro com as múltiplas mulheres que sou. Desde a corajosa jovem,deslumbrada com o novo mundo de aventuras, a mulher vibrante e segura na maturidade, até a quase velha senhora, com a sua imensa bagagem de sonhos, alguns vividos, outros apenas desejados.  Sempre que retorno,  eu as vejo sob os mais estranhos e luminosos momentos, todos plenos de felicidade.  Quantas e quantas vezes ela não foi uma dessas folhas levadas pela brisa suave da Primavera, deixando-se soprar saltitante sem saber para onde? O amor estava sempre no seu coração, mesmo que o corpo estivesse frio e só. Nada melhor para aquecê-lo do que uma taça generosa de um bom vinho Rouge acompanhado de fortes e deliciosos queijos. Noutras vezes, a pressa para o amor era tanta que mesmo tendo que romper os impossíveis, ela fechava os olhos e se deixava levar pelos braços mornos da paixão e só acordava, quando os raios dourados do sol batiam em seu corpo, levando-a para a realidade.  E assim,  o tempo passou e o seu jardim, vestido de verde, outras de dourado ou pela brancura das  gélidas neves do inverno, lhe oferecia um alento para alma.  Mas, é sempre a estação outonal que a faz voltar, todas as vezes que lembra do amor, do sonho e da paixão. É aqui,  sobre esse tapete de ouro que os seus cansados pés caminham a procura do amado que o vento da saudade levou para um mundo cada vez mais difícil de alcançar.  Mas, como a esperança é o arcabouço da alma, quem sabe se as velhas mãos não voltarão a se encontrar?  10/021.

Obs: Imagem da autora

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I