Marcante 1 de julho de 2021

Aquele mesmo homem, tornou a passar com sua sacola na mão. Aonde iria? Não sei. O que sei é que por aqui, passa cada dia e sempre pela manhã.
Talvez vai em busca daquele algo mais, que tanto gosta.
Ou então está a caminhar, para esquecer o que perdeu…
Se ele pudesse responder, diria: – O que perdi foi muito pouco… mas, para mim este pouco, representava muito!
Vida cruel, ingrata e insensível até.
Como extrair dela algo de bom?
Acho que sei. Para que isso aconteça, me aniquilar.
Garra, desejo de vencer, de ser feliz contando com o que tenho, não fabricando para ter.
Regozijar com o pé no chão. Alma liberta como as pombas, pensando sempre no bem!
As pombas são pacificas e lindas. São o símbolo da paz!
Que caia sobre mim todas as pombas, estou precisando deste momento único, só meu.
No momento me chamo: Desolação. 27/06/2021

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I