Rômulo Vieira 1 de junho de 2021

Eu gosto do amanhecer
Ver o sol anunciando um novo dia
A passarada em grande euforia
Me convidando a sorrir e agradecer

Eu gosto do cheirinho do café
Saborear cuscuz, leite e maçãs
Frutas alimentam meu corpo todas manhãs
O novo dia, a esperança, alimentam minha fé

Eu gosto de ouvir os sinos tocando
Anunciando o convite para oração
A alegria invade meu coração
E com as nuvens eu sigo sonhando

Eu gosto do afago da brisa
Soprando carinhosamente, com amor
Me encanta muito o beija-flor
Que no seu voo audaz se eterniza

Eu gosto do convite para o almoço
O dia continua, majestoso, encantador
Na família um convite quase provocador
Estamos só esperando seu endosso

Eu gosto de uma boa sesta
E depois ler um bom livro
Desse hábito não me privo
Senão a consciência me admoesta

Eu gosto de caminhar no jardim
Regando as plantas com carinho
Fico feliz nesse caminho
A tardinha é tudo para mim

Eu gosto das estrelas chegando
Acompanhando a lua, firmando o luar
Esse momento é mesmo de apaixonar
E os pássaros em festa estão retornando

Eu gosto de um banho refrescante
No jantar um bom vinho beber
Agora é hora de agradecer
Por mais esse dia edificante

Eu gosto do sono chegando
Após aquelas belas leituras
Palavras de Deus nas escrituras
Oh Senhor! que eu siga sonhando (19.05.21)

Obs: O autor, Prof. Dr. Rômulo José Vieira é Acadêmico da Academia de Ciências do Piauí; Acadêmico da Academia de Medicina Veterinária do Piauí; Acadêmico correspondente da Academia de Medicina Veterinária do Ceará; Acadêmico correspondente da Academia Pernambucana de Medicina Veterinária.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I