Marcante 1 de maio de 2021

Por onde passar, quero ser tua metade.
Saber que me olham, vendo a ti também.
Isto será o meu grande conforto.
Sentir que estais vivo, e fazer deste viver minha grande ilusão.
Não te tenho nas mãos, tiraram-te de mim.
Deixaram-me porém, sentimento e coração.
Tu sempre fostes coração e sentimento para mim, portanto digo:
Dentro de mim tu sempre estarás, mesmo que ventos intensos cheguem, que trovões ensurdecedores façam temer, que a terra se ilumine aos relâmpagos, nada será tão forte como nós!
Deixa esta onda braba passar… rumores cessarão, calmaria há de chegar.
Nesta quimera de tranquilidade, tu, somente tu, dirás como foi bom o teu retorno a mim!
Agora fica quieto, aconchega-te aos meus braços, nada irá nos impedir de vivenciarmos o que já vivemos. Somos livres! Agora quero silêncio e paz para te aninhar. 29/06/2020

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I