www.dannieoliveira.blogspot.com
[email protected]

Hoje passei meu dia das mulheres entregando flores numa ação da Vox Contábil

(Associação dos Contadores do Oeste do Pará). Era pra ser mais um trabalho, mas quem me conhece sabe o quanto eu leio nas entrelinhas e vejo boas histórias. Não foi diferente. Primeiro ponto aqui: estou monitorada, com os trocinhos do exame de Holter (estou tentando descobrir se ainda tenho coração hahha. Mentira! faz parte de um check-up padrão). Continuando … Eu vivi reações bem curiosas ao longo do dia e porque não dizer ‘gostosas’ para uma segunda-feira que costuma ser um dia por si só pesado. Encontrei pessoas que ficaram tão felizes ao receber uma flor de cor vivida num vaso de planta, que deu até um conforto no meu coração. Sei que tem gente que acha que uma flor é só uma flor, mas um dia eu te desejo que você surpreenda alguém entregando um vaso com flores bem coloridas. É uma experiência única! Hoje também descobri pessoas que nunca tinham ganhado uma flor de presente em uma vida toda e a alegria depois disso não tem preço, de ver a reação vibrante no rosto atrás da máscara. Eu fui abençoada grandemente por mães de contadoras que me desejaram saúde e infinitas coisas boas enquanto essas recebiam as flores porque suas filhas estavam trabalhando. Andei por ruas que nunca nem imaginei passar e vi como Santarém é grande. Levei um susto com um motorista de ônibus tirando fino no meu HB20, depois só de birra ultrapassei e fique segurando ele no meio da pista só pra deixar de ser palhaço e barbeiro no trânsito (eu sou dessas). Mas, o mais bacana desse Dia das Mulheres foi ver empatia e sororidade. Eu vi menos associações a mulheres como objetos que pertencem ao lar e seus eletrodomésticos divinos e práticos. Pra mim que tenho um cerne inquietante, foi satisfatório ver a nuance das mulheres fortes, seres surpreendentes e capazes de enormes transformações nas mensagens espalhadas por todo lugar. Como hoje é segunda melhor abreviar. Quero agradecer ao Eduardo da Santarém Cartões e ao Seu Luís da Floricultura Beija Flor que entraram comigo na ‘Operação Florzinhas’ rsrsrs e acima de tudo ao pessoal da Vox Contábil na figura da Linda Rodrigues que sinto às vezes quer me estrangular, mas depois quer me dar

um abraço

. É isso! é um texto leve pra você começar a semana. E não se esqueçam dê flores! se a pessoa não tiver habilidades manuais como eu, que esqueci de mencionar que colei meus dedos com super cola tentando fazer um laço delicado, você pode dar cactos, eles não morrem fácil e são bons de cuidar. Então, já chega. Feliz Dia da Mulher!

Obs: Imagem da autora

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I