[email protected]

…. Somos no universo encontradas/os
Entre forças:
Pulsão de vida, que agrega e pulsão de morte, que desagrega,
Uma emancipadora outra instintos primitivos egoístas,
No entanto, existe uma força anterior a todas – o amor – Eros,
Gerador/a de fraternidade nas diferenças e reciprocidade poética,
Uma força que nos desvela na autenticidade,
Poder-ser na falibilidade do nosso ser factível,
Essa força é compreendida pelos povos originários da civilização humana
Como a força do Divino feminino,
Criador/a de toda a vida
Mantendo tudo na harmonia da diversidade,
Ser homem ser mulher… ser outras possibilidades
O feminino/a é criativo…
Sendo feminino-masculino quantos possíveis seres…
Somos Uno no Eterno feminino;
Em nossas contradições e ambivalências…
Trazemos a luta por igualdade solidária,
Somos no combate mulheres e homens e outros… uma diversidade livre…
Na defesa do feminino criador em todas e todos nós,
Um mundo de justiça social… beleza da autopoesia da vida…
Ser mulher é mostrar a humanidade de todos e todas no feminino,
Porque nada pode definir um só ser humano… somos múltiplos no diverso de si mesmo,
E de igual modo a nada nos sujeitamos… livres no feminino/a viver,
O feminino/a é libertador
Ele/ela o Divino feminino e vitalidade na luta…
Nossa condição de ser-no-mundo
Sendo em-Deus…
Uma Eternidade feminina …. o Eterno do viver…

Celebramos nosso dia de luta
Por um mundo desconstruído da lógica do patriarcalismo

Às minhas filhas Raquel e Débora;
Aos amigos e amigas sempre dentro do feminino
08 de março dia de luta… nossa consciência feminina
Maurício Soares
No sopro – hálito de Ruah – Espirito que nos deifica

 

Obs: Imagem (do autor) e vídeo enviado pelo autor.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I