Ana Eliza Machado 1 de novembro de 2020

[email protected]
nmpensante.blogspot.com.br

A vida muda sem nos avisar. Parece tomar caminhos que não escolhemos. Mas não é bem assim. Somos arquitetos do próprio destino. O segredo é encontrar o conforto em meio ao caosA crise é um rito de passagem, com destino direto à felicidade, assim que ela chegar. A lua surge com nossos medos e o sol se põe sobre a nossa esperança. Enquanto houver luz, há a força e a sabedoria para enfrentar todos os desafios que nos forem apresentados.

Por mais contraditório que isso possa parecer, a única pessoa que precisamos combater, somos nós mesmos. Portanto, se quer um conselho, nunca conte seus segredos a si mesmo. Só você conhece suas fraquezas, e dependerá de você se vai alimentá-las ou erradicá-las. A única pessoa que pode te prejudicar irremediavelmente é você; você e suas atitudes. O silêncio vale ouro, não há nada que o compre, não há nada mais sábio, nem nada que machuque mais. Se palavras e atos machucam outra pessoa, o silêncio poderá fazer um estrago ainda pior. Saiba medir a quantidade certa, dosar bem, como todas as outras ferramentas que você possui.

Já que entrei nessa de conselhos, aí vai outro: Corra atrás do que você deseja, mas não se fruste demais com o que não conseguir. Com um pouco de sorte, você não encontrará o que procura. É isso que fará com que o gosto final seja muito mais saboroso. A busca é muito melhor do que o achado. A felicidade não está no destino final, e sim na jornada. É no caminho que você planta esperanças e colhe sorrisos. O que vier, depois, é fruto do esforço.

Não aceite essa realidade, não se conforme com pouco, tudo é possível quando você deixa sua mente te levar. A força pra conquistar você tem, a sabedoria para chegar lá também. Não deixe que digam que você não pode, não crie empecilhos. Não estou dizendo para que se iluda, que arquitete planos mirabolantes, mas que conquiste pouco a pouco o mundo, o seu mundo. A esperança se mostra eterna, pode até adormecer, mas não morre.

Há um mundo de forças e virtudes onde quer que você vá. Há um mundo de amores, esperança, amizades, sonhos, conquistas. Há um mundo onde tudo é possível, onde a paz não é utópica. Esse mundo mora dentro de nós, é só exteriorizarmos. Há um mundo de alegrias conosco, em qualquer lugar. 16.11.11

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I