www.dannieoliveira.blogspot.com
[email protected]

Parece que foi ontem que tava pedalando minha bicicletinha azul Royal na Natal sem se preocupar com o sereno, agora estou aqui tentando disfarçar as minhas olheiras e encontrando os primeiros fios de cabelo branco. Quando era criança ( eu ia dizer pequena, mas eu continuo pequena porque não cresci ), achava que depois dos trinta as pessoas ficavam sérias demais, caretas demais, mas eu continuo com a mesma alma peralta e com um monte de brincadeiras e uma risada barulhenta. Dessa trajetória deu vontade de não contar muita coisa no aprendizado, principalmente os sustos, como quando levaram meu pai, porém creio que há coisas que ocorrem nas nossas vidas para nos fortalecer. Como família nos unimos mais e quando veio a pandemia os laços se estreitaram. É sempre mais prático falar de todas as conquistas, mas tive desafios, principalmente com a ansiedade que voltou a me rondar e digamos que estou aprendendo a lidar com ela e com meus medos. Voltei a fotografar, conheci muita gente, fui pra estrada, vi várias paisagens. Li um monte de livros e decidi que era hora de escrever um (Neon está em andamento no meu tempo de ócio e imaginação). Não casei, não namorei, e tem sido tanta burocracia, que eu vou ficando por aqui só observando. Não tive um outro filho, mas decidi fazer minha primeira tatuagem com o nome da Lauren. Parei de usar cinta e decidi que amo mais minha barriga livre, ela faz parte da minha história. Controlei minha compulsão por comida, mas preciso falar menos de trabalho e me divertir mais. Entrei em um outro patamar profissional e tem horas que nem acredito nas minhas próprias criações. Continuo um pouco na defensiva, mas estou trabalhando melhor meus sentimentos, todavia já digo eu te amo e você é importante. Fiz uma playlist de músicas antigas dos anos 80, mas também passei a ouvir Calcinha Preta no carro. Maratonei séries e faltando uma semana pro meu aniversário, tive que acordar de madrugada pra fazer leite pra um gato que a minha filha adotou, depois de uma vida criando cachorros. Continuo colecionando histórias e sou grata a todos os depoimentos e felicitações que recebi de feliz aniversário. E lá vamos nós!!! Vamos que vamos.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I