Bernadete Bruto 1 de outubro de 2020

www.bernadetebruto.com
[email protected]

       XV

Recife, Rua Afonso Celso, 182- AP.902 – Tamarineira, 25 de abril de 2020.

 Observa ela usando aquela roupa de ginástica, cabelos destinturados, unhas por fazer nas mãos engilhadas empurrando um rodo no chão brilhante de forma compassada. Das olheiras profundas na face pálida, brota um sorriso nos lábios em meio a labuta diária. Nota que lhe faz bem um exercício diário. Enquanto trabalha ouve algum vídeo que colocou na TV ou no celular, dependendo do cômodo, na pretensão de se acostumar com aquele idioma  que engrola sua língua e vontade de acostumar os ouvidos e entender melhor o mundo onde sua neta nasceu.

A casa está impecável, mas ainda precisa de muito esforço para tomar pé…No entanto, toma uma decisão, amanhã é domingo e ela vai ser dispensada de qualquer serviço. Nem Juci, que foi contratada para este serviço e está afastada, não trabalha no sábado e domingo, em acordo feito há muito tempo atrás,   quanto mais ela! Vai aproveitar seu domingo sem nenhum compromisso com a casa, como fazia quando não estava em isolamento. Na segunda, volta a ocupar o posto de Juci com todo esmero. Mas amanhã, ah, amanhã é seu dia de folga! Se até Deus tirou um dia para descansar, quanto mais ela!

***

       XVI

Clementina ria á toa serrando suas lindas unhas, que cresce cada dia mais belas. Não recorda quando teve unhas assim… vai pintar de rosa choque cor daquele esmalte que quase perde a validade, de tanto tempo guardado.  Olha sua mão, a cada dia, adquire novo frescor, graças ao hidratante para as mãos da l’Ocitanne. Este foi comprado logo que soube que seria liberada para ficar em casa  e sorri mostrando todos os dentes de sua dentadura paga com muito sacrifício.

Está em casa desde o dia 17 de março recebendo sem trabalhar! Quando imaginaria isso?  Ri novamente, um risinho debochado.  Está de pijama deitada na cama. Corpão estirado sem pressa de levantar. O celular toca uma música de Wesley Safadão.  Sua filha está encarregada da cozinha porque é nova e tem faculdade paga pela mamãe. Ela ainda vai fazer meu penteado afro. O seu homem, depois de receber uma boa ameaça, se esforça para limpar a casa e já sabe que vai dar comida as galinhas e lavar os cachorros.

No quarto, curtindo a vida que pediu a Deus, Clementina se vangloria: “Aprendi direitinho o que dona Beta me ensinou…ò glória!” Se Beta visse sua Clementina desse jeito, mesmo com os cabelos desengrenados, as mãos  meio estragadas e as unhas quebradiças, devido ao trabalho doméstico passageiro, tenho certeza que ia aplaudir.

Obs: A autora é poeta performática, membra da União Brasileira de Escritores (UBE), da Associação dos Amigos do Museu da Cidade do Recife (AMUC), parceira da Cultura Nordestina Letras e Artes. É integrante dos grupos “Confraria das Artes” e “Grupo de Estudos em Escrita Criativa”. Seus três primeiros livros publicados são coletâneas de poemas, Pura Impressão (2008), Um Coração que Canta (2011), Querido Diário Peregrino (2014). Seu quarto livro trata do gênero infanto-juvenil e é bilíngue: A menina e a árvore – The girl and the tree (2017). Seu quinto livro- Sessenta e um Poemas Para Uma Vida –  foi lançado em 2019. Tem participação em várias apresentações poéticas e performáticas. Contatos: www.bernadetebruto.com e [email protected]

Imagem da autora.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I