[email protected]
https://blogdopadresena.wordpress.com

Bom dia ouvinte, já louvou a Deus pela chuvarada de ontem? Como é generosa a natureza. Mesmo agredida por agressores, tanto os que a violentam para tirar lucro a qualquer custo, como governos irresponsáveis que apoiam esses crimes. Mesmo nós quando também provocamos agressões ao ambiente em casa, na rua. Mesmo com tudo isso paciente nos envia uma chuvada boa, que aliviou o calor, molhou as plantas e até os pássaros louvaram. A chuva de ontem em Santarém, espero que tenha caído também em sua comunidade. Esse fenômeno em pleno verão comum não é, garantem os mais idosos. Então podemos deduzir que ela veio como um alerta. A destruição não pode continuar, pois as consequências já estão acontecendo. Mais de 10 mil quilômetros de matas derrubas, mais de 20 mil focos de incêndios, toneladas de mercúrio dentro do rio, e outras toneladas de plásticos em outros rios, lixão do Perema em Santarém com 130 toneladas de lixo todo dia, igarapés sendo aterrados e desmatados nas beiradas, tudo isso tem consequências para a vida no planeta a começar em nossas casas. Por isso, essa chuvarada de ontem é uma bênção e uma alerta pra nós.

A semana passada nos ofereceu informações sobre agressividade humana à ecologia integral.  Saiu ontem num portal aqui da região algo que se for verdadeira a informação, será mais uma aberração em Belterra. O referido portal garante que a informação foi confirmada pelo próprio prefeito em fim de mandato. O tal projeto já em andamento, sem consulta à sociedade civil, é entregar de mãos beijadas, os prédios históricos da vila americana, inclusive a prefeitura, para uma ONG implantar uma rede de hotéis. Todos os prédios históricos seriam restaurados e transformados em hotéis da empresa privada. Em troca ela promete construir um novo prédio para a prefeitura.

Dois absurdos para nossa reflexão, especialmente aos filhos de Belterra.

Um, como pode um representante do povo, decidir entregar vários prédios do patrimônio público, para uma empresa privada, estando o prefeito há apenas três meses de final de mandato? A argumentação dele dita ao portal, é que “seria uma forma de promover a recuperação do centro histórico da cidade, além de gerar emprego, renda e arrecadação de impostos”. Quem acredita nisso? Segundo absurdo é: como pode o prefeito tomar decisões desse tipo sem um mínimo de consulta às associações, igrejas, sindicatos e demais comunidades?  Êle é apenas um funcionário municipal com data marcada para sair do cargo. Fica a pergunta mais importante: será que a população de Belterra vai aceitar passivamente esse absurdo?

Mas coisas boas também aconteceram na semana. Há poucos dias iniciaram legalmente, as campanhas eleitorais visando as eleições de novembro.  Centenas de candidatos de vários partidos se lançam na busca de votos. Certamente várias cobras criadas estão querendo ser reeleitos, mas dois sinais de esperança aparecem no horizonte político da nossa região. Um, é em Alenquer. Um grupo de companheiros/as comprometidos com o bem viver da população, cansados de tanta politicagem dos macacos de nariz pelado, decidiram apresentar um coletivo de 13 candidatos, todos unidos. Combinado que os e as eleitoras podem votar em qualquer um dos 13 e assim, elegerão bom grupo de vereadores. Assim, qualquer prefeito que for eleito, não poderá fazer conchavos, pois o grupo está unido moralmente com a ética e o bem comum.

Outro sinal de esperança está em Santarém. Vários jovens, homens e mulheres, são candidatos/as pela primeira vez e comprometidos a mudar o jeito de fazer política neste município. Se o eleitorado compreender esse sinal, certamente a partir do próximo ano a Câmara de Vereadores será a casa do povo realmente. Por isso, ouvinte, você não pode ficar desanimado, pois seu voto será importante para novos tempos em nossa terra. 27.09.2020

Obs: O autor é membro da organização da Caravana 2016
Coordenador da Comissão Justiça e Paz da Diocese de Santarém (PA) e membro do Movimento Tapajós Vivo.
Autor dos livros: Amazônia: o que será amanhã? (Vol I e II) e Uma revolução que ainda não aconteceu.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I