https://www.facebook.com/DiocesedeCratoCE/

A Diocese coloca, em seus objetivos, a evangelização de todo o povo de Deus, distribuído em seu território, mas também se coloca como uma diocese missionária e romeira.

O povo romeiro, em sua essência, é missionário, porque busca a fé e os meios de alimentá-la, para voltar revigorado e agradecido às suas casas e às suas comunidades. No plano de formação dos seminaristas também há formações teóricas e práticas no campo da missão, além do incentivo para que os próprios padres contribuam e se empenhem junto aos santuários em épocas  de romarias.

Embora cada uma delas tenha a sua especificidade , a espontaneidade do romeiro, em expressar a fé, como ponto forte. É edificante e muito bonita, porque eles apresentam quem eles são e não fazem da celebração um rito diferente da vida. E a própria forma como se reza: a expressão corporal está contida na oração, a começar pelo silêncio, pela contemplação, pela visualização e isso também é muito importante perceber e nos enriquecer.

Sobre os desafios pastorais que a dimensão romeira e missionária implica, cito a adaptação às novas realidades, como o pluralismo e a diversidade, e a busca por respostas que favoreçam possibilidades de comunhão e de partilha. Alguns passos,  já foram dados. É o caso dos círculos bíblicos organizados nos ranchos dos próprios romeiros. Penso que foi uma experiência iluminada para incentivar a vivência da fé não de forma isolada, mas comunitária.

Obs: Dom Gilberto Pastana, atual bispo da Diocese de Crato – CE, foi o convidado da live “Na Casa da Mãe das Dores”, na edição desta terça-feira, dia 8 de setembro, festa da Natividade de Nossa Senhora. Ele conversou com a jornalista Patrícia Silva sobre “Uma diocese romeira e missionária”, características incorporadas a esta Igreja Particular do Sul cearense por causa do fluxo de romeiros vindos das mais diversas partes do País, cuja religiosidade “essencialmente comunitária” é uns dos aspectos a serem incorporados por todos os diocesanos.

 Além das romarias de Juazeiro do Norte – CE, nas quais participam pessoas de todas as classes sociais e das mais diversas e distantes regiões do País, esse testemunho da fé e devoção também é registrado em outros municípios da Diocese de Crato, como Araripe (Romaria de Freira Damião), Crato (Romaria ao Caldeirão de Santa Cruz do Deserto), Farias Brito (romaria ao Pontal do Padre Cícero), Mauriti (Romaria da Mãe Rainha) e Santana do Cariri (Romaria de Benigna).

 O autor é Bispo Diocesano de Crato.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I