resomar 1 de agosto de 2020

No leito de agonias, amargas sementes florescem em minha memória dolorida…
Sinto o acaso retornando em passos silenciosos e a tua voz na penumbra a sussurrar que o tempo passou…
Sim, o tempo passou,
mas “eu não me esqueci de nada…”
Enquanto os olhos carregam a melancolia de tua ausência…
Enquanto as emoções rasgam a solidão em sentimentos exilados…
Enquanto este desejo místico e feroz,
este sabor de incerteza penetra em minha alma,
estranho coração bate no peito…
Sinto correr fios de sombras e as lágrimas regressam fragilizadas, perfuradas…
Sinto tua mão sangrar na despedida silenciosa e a interrogar por onde andaste, ou por quê a solidão e esse gosto de noite em minha boca?…
Não, eu não me esqueci de nada…
A saudade mastigou atropelos e tormentos…
Sinto a febre a queimar o vazio e mergulho outra vez no tempo…
Crio espaços coloridos…
Procuro a essência dos momentos…
Não, eu não me esqueci de nada…
04.09.19 – 9:55h

Obs: Imagem enviada pela autora (retirada de Pixabay)
[email protected]

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I