edilrural@gmail.com
https://blogdopadresena.wordpress.com

Bom dia Cintia, bom dia Ítalo e bom dia ouvinte manauara. Novo dia, nova semana e nós todos pelejando para sobreviver em meio a duas pandemias, coronovirus e nossa Amazônia violentada. Restando para nós e nossos irmãos amazônidas, pobreza, doenças e a destruição da mãe natureza, concorda?

Hoje vamos refletir sobre um assunto muito sensível para muitos pais, crianças, jovens e governantes A questão da volta as aulas presenciais. A Seduc planeja reabrir aulas presenciais no Estado e no município, em Manaus. Primeira questão para reflexão é, está na hora de as crianças e jovens voltarem as salas de aula? De um lado, seis meses sem aula é um prejuízo grande; além disso muitos pais já estão agoniados com seus filhos e filhas dentro de casa em isolamento social.

Por outro lado, a pandemia ainda não se foi. Mesmo as notícias dizendo que Manaus já passou do pico e que apenas uma pessoa foi a óbito na última semana, isso pode ser garantia de tranquilidade? O que pensam os educadores? Escute o que diz a direção do sindicato de educadores de Manaus: “Em Manaus sindicato propõe greve para frear reabertura das aulas. Solicitam intervenção dos MPF junto as autoridades estadual e municipal para adiar reinicio das aulas presenciais devido a pandemia. Os educadores recusam reiniciar aulas porque há insegurança da saúde dos estudantes e professores”. Então ouvinte você acha que os educadores estão certos ou errados, com essa resistência? Escute o que pensa a presidente do sindicato sobre o adiamento do reinicio das aulas? “A presidente do sindicato dos educadores Ana Cristina. Ela afirmou que “a preocupação maior é a segurança dos estudantes e educadores, pois o vírus Covid 19 tem alta capacidade de contaminação e ainda não foi descoberta uma vacina que garanta a imunidade dos presentes numa sala de aula”.

Se hoje, quem pensa reabrir escolas, mesmo com a pandemia ativa, está pondo em risco vidas de crianças e jovens, os pais e professores precisam preservar estas vidas, tendo a paciência de aguardar o próximo ano. Mais vale perder um ano de estudos, do que expor crianças e jovens ao risco da contaminação e coisa pior.

Essa pressa em retomar as aulas presenciais nas escolas não está só em Manaus. Também aqui em Santarém acontece semelhante conflito. As autoridades querem reabrir escolas, dando a impressão que não há mais perigo, mas os professores que sabem o risco de muitas crianças numa sala de aula, também se recusam a voltar as atividades normais. Eis mais um desafio para todos. 19.07.2020

Obs: O autor é membro da organização da Caravana 2016
Coordenador da Comissão Justiça e Paz da Diocese de Santarém (PA) e membro do Movimento Tapajós Vivo.
Autor dos livros: Amazônia: o que será amanhã? (Vol I e II) e Uma revolução que ainda não aconteceu.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I