A. Recordar constatações, conclusões e construções com base           filosófica, teológica e política.
1. Os humanos são iguais, sem distinção de cor, etnia, gênero, idade, posição social… a pandemia não discrimina ninguém. 2. Os humanos são frágeis – não há riqueza, poder, arrogância…. O vírus desafia a coragem, impõem o terror e desnuda a impotência. 3. Os humanos são dependentes uns dos outros – se salvam juntos ou se perdem todos – O direito coletivo sobrepõe-se ao direito individual. 4. Todo sistema social baseado na exploração, no lucro e acumulação privada não se propõe, nem pode resolver os problemas da humanidade. 5. Só um sistema solidário que promove e defende a vida, em todas as formas, pode construir a ordem social mais feliz, fraterna e livre.
B. Ver que princípios, em geral, não vão além do discurso. Há a casta mais igual que a maioria.
1. A pandemia afeta diferentemente a burguesia e a classe trabalhadora. 2. A epidemia só é tratada porque atinge também a burguesia. 3. O Corona vem após política de 50 anos de desmonte do Estado. 4. A mão invisível do mercado é trocada pela mão salvadora do Estado. 5. Patrões e governos sem escrúpulo tiram proveito econômico e político da desgraça.
C.Olhar o Brasil, amparado na aliança empresarial/militar, e dirigido por um …
1. O País tem 200 bilionários e 103 milhões de explorados. 2. Governo e parlamento entregam recursos naturais, retira direitos, vende a pátria. 3. O governo dá polpudas somas e facilidades para cobrir “prejuízos” dos ricos. 4. Mais de 50% da massa da trabalhadora corre sério risco de cair na extrema miséria, em poucas semanas. 5. Corta-se verba da ciência, educação, cultura e pesquisas. 6. Os ricos têm planos de saúde e hospitais aparelhados. 7. Há clara intenção de esvaziar com o SUS, exemplo de atendimento capilar. 8. Serviços públicos são tarifados pensando em satisfazer acionistas. 9. A quarentena freia a propagação para não revelar o descalabro da saúde pública. 10. Pobres não têm espaço, nem água, nem comida, nem atenção à saúde e perdem o emprego e renda se não comparecem ao trabalho.
D. Tirar lições e aprendizados do surto epidêmico
1. Promoveu informações sobre ciência, biologia, enfermagem, geografia, história…. 2. Estimulou gestos criativos de resistência, voluntariado, solidariedade, mútua ajuda. 3. Criar a oportunidade de parar, dedicar-se ao convívio familiar, criar soluções… 4. Divulgou medidas necessárias de higiene, confinamento, isolamento para mitigar os efeitos. 5. Questionou falsos curandeiros e demagogos de plantão. 6. Aplaudiu os profissionais da saúde, mas sem rever o apoio ou omissão diante da retirada de verbas da saúde. 7. Também provocou conflitos e novas discriminações, preconceitos, xenofobia… e disputa de hegemonia.
E. Refletir e propor – dar o peixe e retomar o lago – abre-se janela para inovar
1.Os patrões aproveitam o surto para reestruturar as relações de trabalho: aumentar a exploração, diminuir custos, intensificar vendas online, o delivery, o home office, o trabalho sem contrato. 2. O capitalismo, baseado no lucro, não resolve os problemas da humanidade. 3. Dimensões como saúde, educação, cultura… não podem ser oferecidas à cobiça do mercado. 4. Lutar, no curto prazo, pela supressão de tarifas sociais da água, luz, gás, comida, políticas de trabalho e renda e resgate do SUS, experiência gloriosa de atenção à saúde do povo. 5. Intensificar os debates de elaboração e divulgação de uma Proposta capaz de aglutinar a indignação/revoltas latentes na população, acendidas pela pandemia. 24/03/2020.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I