edilrural@gmail.com
https://blogdopadresena.wordpress.com

Amazônia, nossa casa comum este é um novo significado da grande bacia que sustenta a vida na América do sul. Esta casa comum ajuda a sustentar o planeta. Porém está ameaçada pela ambição do capital e pela falta de cidadania de muitos de seus ocupantes.  De acordo com estudiosos, se não for modificado o modo atual de vida e cuidado na mãe terra, em trinta anos a Amazônia será transformada em uma savana, sem mais floresta e com desequilíbrio sem retorno do clima no planeta.

Se todos os moradores desta casa comum são responsáveis por cuidar dela, mais razão tem os cristãos de todas as Igrejas. Além de serem usuários dos bens, tem o dever moral implícito no Evangelho, que os alimenta. Em boa hora surgiu o sínodo para a Amazônia e nele, os bispos da Pan Amazônia participaram durante três semanas em debates e consensos para cuidar também da ecologia integral. Tal compromisso inclui cuidar da justiça social, respeito às culturas dos povos tradicionais e também cuidar do meio ambiente.

Neste sentido pode fazer a diferença a posse depois de amanhã, do novo arcebispo de Santarém, dom Irineu Roman. Também nos próximos dias tomará posse o arcebispo de Manaus Dom Leonardo Stein. Estes dois líderes cristãos estiveram participando das três semanas do sínodo para a Amazônia e portanto, são co produtores do documento de compromissos desta nova forma de evangelizar a Amazônia. Com eles também estiveram participando bispos de todas as dioceses da Amazônia e da Pan Amazônia.

Deles, a Casa Comum espera novo ritmo na ação dos cristãos em defesa  da  ecologia integral e assim salvar a mãe natureza e seus povos. Os bispos assumiram compromisso de animar seus liderados a enfrentar os desafios de cuidar da vida em todos os sentidos. Assim, o documento sinodal afirma: “A Igreja tem oportunidade histórica de se diferenciar das novas potências colonizadoras, ouvindo os povos da Amazônia para poder exercer sua atividade profética com transparência.” A casa comum Amazônia aguarda a liderança destes dois arcebispos e seus companheiros.

Obs: O autor é membro da organização da Caravana 2016
Coordenador da Comissão Justiça e Paz da Diocese de Santarém (PA) e membro do Movimento Tapajós Vivo.
Autor dos livros: Amazônia: o que será amanhã? (Vol I e II) e Uma revolução que ainda não aconteceu.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I