edilrural@gmail.com
https://blogdopadresena.wordpress.com

Está chegando mais uma vez, o grande aniversário do jovem Galileu, chamado Jesus. Esse aniversário merece uma reflexão nova, afinal, ele não é mais menino. Ainda muitos insistem em armar o presépio com o meninozinho deitado na manjedoura, com mamãe e padrasto piedosamente a seu lado. Esquecem que aquele menino cresceu, tornou-se um inteligente rapaz. Por ser pessoa muito religiosa, amadureceu sua fé. Rompeu com o tradicionalismo legalista da religião oficial. Assim, interpretando com profundidade os profetas, compreendeu que a verdadeira religião é dar vida e esperança aos pobres.

Jesus de Nazaré abriu novos caminhos para quem sentia que a felicidade real é partilhar sua vida com os outros. Que o céu não é ali, nem um certo dia, mas é aqui e agora, dando vista aos cegos, curando os cochos, expulsando demônios, pois ser feliz é fazer outros felizes.

Quando João Batista no presídio de Herodes manda perguntar se Jesus era o que se esperava, a resposta era essa, o céu é aqui e agora. Quando o jovem galileu iniciou sua missão teve muita paciência com seus seguidores, que o admiravam, confiavam, mas suas cabeças eram tradicionais. Ele repetia sempre que o maior no céu é o que mais se dedica aos outros aqui. Curiosamente ainda hoje boa parte dos seguidores de Jesus, continuam tradicionais, legalistas, piedosos, se comovem ao olhar o menino no presépio, e não o reconhecem na vizinhança.

Pois bem, depois de amanhã ao celebrar o aniversário do jovem galileu, que tal renovar o compromisso de nosso batismo, na linha do Mestre Jesus, que chegou a desafiar dizendo – Pensam que vim trazer a paz? Negativo, vim trazer divisão, pai contra filho, filha contra mãe…. Então, logo após cantarem o tradicional Noite Feliz, emendem cantando: “Seu nome é Jesus Cristo e está com fome, e dorme pela beira das calçadas; e a gente quando o vê passa adiante, dizendo que dormiu embriagado. Entre nós está e não o reconhecemos… Assim podemos nos dizer feliz natal!

Obs: O autor é membro da organização da Caravana 2016
Coordenador da Comissão Justiça e Paz da Diocese de Santarém (PA) e membro do Movimento Tapajós Vivo.
Autor dos livros: Amazônia: o que será amanhã? (Vol I e II) e Uma revolução que ainda não aconteceu.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I