Dasilva 15 de dezembro de 2019

Num fraterno abraço, cada ano finda num eterno início;
O Ancião e a Criança anunciam esse tempo que não passa.
Enquanto dia, mês e ano se perpetuam, a gente nem tanto…
É no vai e vem do tempo que a gente vive ou “dança”.

Os sábios saboreiam o tempo da vida que é AGORA, e pronto!
Porque atualizam essa causa pela qual dão suas vidas.
Realizados, podem recordar os sonhos e afetos vividos,
Expressão da utopia encarnada, na entrega partilhada.

A felicidade se nutre de alegria e de prazeres, de beleza e de amores…
Ao realizar pessoas como gente, como classe e como povo.
Nessa nova ordem social, quem mais reparte, mais se enriquece;
Perde quem busca salvar a vida e, aproveita quem parece perdê-la.

Por que, então, não desapegar-se de trecos, de culpas e de medos
E, livre e solto, dedicar-se à compaixão de quem não tem abrigo,
E, em ciranda, celebrar a Esperança desse tempo sempre novo,
Pois, Criança e Ancião encontraram lugar, na tua manjedoura?
dezembro 2019

Obs: Imagem enviada pelo autor

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I