elzafraga@yahoo.com.br
tempoinverso.blogspot.com.br
contosincantos.blogspot.com.br
versoinverso.blogspot.com.br

Dá-me, Senhor, de novo a poesia, deixe que ela durma aqui, comigo, me embale, me leve no seu sono, mande pra longe a insônia que me invade, que desperta minhas noites e meus dias, nesta roda de cansaço e letargia.

Dá-me, Senhor, a bendita poesia, que salva a alma, que consola, que conforta e alivia, que desamarra as cordas da tristeza, que traz de volta a beleza que havia naquele tempo em que era ela, só ela, minha companhia.

Dá-me, Senhor, por caridade, por bondade, por misericórdia,
traz para o meu peito as rimas, o balanço dos versos que fazia, e que me esquentavam de uma tal maneira que não tinha frio neste mundo que me abatia.

Dá-me se achar que ‘inda mereço,
os poemas que escrevia, com dedos trêmulos de pressa pra não perder o que a mente ditava e me dizia na boca do ouvido, como um sussurro trazido pela brisa, e que agora tento e tento, mas me perco, junto com o poema, na ventania.

E depois que a poesia estiver aqui comigo, de volta ao seu antigo leito, escreverei então a derradeira dentro do peito, e a levarei como minha companheira para muito além desta vida vazia,
atravessaremos juntas, não perdidas,
minha sorte.

E nos faremos fortes,
e nós fundiremos,
confundidas,

na mesma morte.

Sabendo que não se pode brigar com a poesia, ela quando parte se parte em pedaços tão pequenos que nunca mais nos doam suas rimas.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I