Dizem que os vinhos começaram a ser produzidos há mais de 8000 anos e que sua fabricação se disseminou pelo mundo durante o império romano. Como diria Ariano Suassuna, através de seu personagem Chicó, “eu não sei como foi, mas só sei que foi assim”: para mim os vinhos “passearam” por aí, para ganhar experiência e evoluir, aportando finalmente naquele que seria seu destino seguro e lugar de seu clímax, isto é, o semiárido nordestino, particularmente o de Pernambuco, valendo lembrar que a região do São Francisco baiano já foi Pernambuco (e, pelo menos no nosso coração, sempre será). Exagero bairrista? Não temos culpa de termos a bandeira mais bonita, o hino mais lindo, as melhores praias do planeta, um castelo medieval que hospeda o melhor museu da América Latina e o melhor carnaval do mundo. Nem de termos ficado independente de Portugal e nos tornado uma república bem antes de 1822 e 1889 e de sermos o berço da C&T&I da América Latina, pois o primeiro livro científico das Américas foi escrito aqui (Historia Naturalis Brasiliae) e o primeiro observatório astronômico foi construído em Recife. Além de sediarmos o maior e melhor parque tecnológico urbano e aberto do Brasil, o Porto Digital, não esquecendo que Pernambuco foi também o berço da nacionalidade brasileira, onde índios, brancos e negros se juntaram para derrotar os Holandeses, dando origem ao futuro exército brasileiro e mostrando o valor de nossa mestiçagem (por aqui não existe o tal “complexo de vira-lata”). Ah, e para quem não sabe, fomos nós, o povo mais multicultural do planeta, que “fundamos” a cidade de Nova York. Então, vocês realmente acham que foi coincidência que a partir da 6ª década do século passado as uvas “tenham resolvido voltar” para Pernambuco (sim, os holandeses já produziram vinho por aqui no século XVI)? Claro que não. Apenas a “filha” pródiga retornou para o melhor “terroir”, aquele que une muito sol, água do velho Chico e um dos solos mais antigos do planeta, combinação essa que, em 2017, permitiu a produção de 8 milhões de litros, correspondendo a 15% do mercado interno nacional, tornando o Vale do São Francisco a segunda maior região produtora de vinhos. Poderia falar do espumante Rio Sol Brut Rosé, ou do Miolo Terra Nova Moscatel, ou dos tintos Paralelo 8 Premium, Rio Sol Winemakers e Testardi Miolo que são excelente vinhos. Mas não é que no frio de Serra Negra (que faz frio pra valer e fica boa parte do ano dentro das nuvens) tive a oportunidade de degustar um VSB (Vinum Sancti Benedictus), um belo “assemblage” de Shiraz, Touriga Nacional e Tannat, que começou a ser comercializado este ano? Com a participação da Embrapa (nós temos um débito de gratidão com essa instituição pública de excelência na pesquisa agropecuária) e do Instituto Federal do Sertão Pernambucano, um grupo de empreendedores (claro, com pernambucanos envolvidos) desenvolveram mais um vinho tinto de qualidade e merecedor de ser degustado. Enfim, só gostaria de testemunhar que, “queiram ou não queiram os juízes” (com diz o hino do bloco carnavalesco Madeira do Rosarinho), o nosso sertão finalmente virou mar. Mas foi de bons vinhos. E, “parafraseando” Chico Buarque, afirmo que “esta terra cumpriu seu ideal e produziu mais um belo vinho tropical”, o Vinum Sancti Benedictus. Um caloroso e orgulhoso brinde aoVSB!

Publicado no jornal Diário de Pernambuco, 09-8-2018, página 1.2

Obs: O autor, Prof. Dr. Aurélio Molina, Ph.D pela University of Leeds (Inglaterra) é membro das Academias Pernambucanas de Ciências e de Medicina, professor da UPE, Coordenador do Programa Ganhe o Mundo.



busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposioDesenhos

Srie "Natureza"

Srie Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Srie "Detalhes"

Srie "MoradaImprovisada"

Srie Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Srie Flores

Srie Flores

Esporte na Colnia

Srie Natureza 01

Srie Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomerao...

Porto florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunio privada...

Espaos ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergncia II

Convergncia I