Aldo CB 1 de março de 2019

Caminho, cabisbaixa, pela sombra de tua ausência, a procurar teu rosto desenhado nalguma calçada, ou teu nome rabiscado nalguma parede. E o que descubro é a dura face da solidão que tua partida me obriga a aprender. Bordo os contornos dos dias com tuas lembranças como se a vida, agora, só tivesse um tecido, esse tecido feito da pele enrugada das horas, dos momentos a latejar tua falta. Prossigo a ver o sol nascer, a sentir a feitura do entardecer, a moldar a tessitura da noite e seu fenecer em madrugadas e choro a aurora a anunciar, novamente, o amanhã – sempre igual: sem cor, sem brilho, sem nuances. Tua ida levou meu sentir, deixou meu olhar vago e a tristeza infinda em minhas mãos de gestos vazios. Sem ti, meu choro perde todos os sentidos e minha desilusão parece derradeira e vã. Caminho a carregar tua falta dentro de mim. E tudo dói.

[email protected]

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I