resomar 1 de março de 2019

Deixa eu ser estranho em tua paisagem adormecida,
desejo de tocar no espelho tua face inflamada…
Deixa a nostalgia escorrer sem abrigo
no crepúsculo do pensamento…

Deixa eu te julgar na melodia emudecida,
entrelaçada em tuas agonias…
Deixa eu me perder em teus braços,
madrugadas vazias,
sem o calor do teu corpo procurando o gesto exausto da entrega…

Deixa o amargo da vida se diluir em nossos lábios
que se devoram em paixão…
e a solidão liberta devolver teus olhos abertos
sussurrando palavras que ficaram inacabadas…

Deixa o amor nos contaminar em retalhos (im)perfeitos,
metades sedentas à espera de opções
e de um gorjeio a recordar o amanhecer…
Deixa-me registrar nossos (des)encantos,
memórias doloridas imersas na escuridão…
Deixa a chuva molhar este chão onde nos debruçamos
em (des)cobertas delirantes…
Lava nossos desenganos
soltando no horizonte acenos de despedida…

Deixa eu te abraçar no tempo-essência veloz,
silenciar na ferida aberta no campo de girassóis (re)colhidos…
Na cor da saudade,
deixa o teu perfume crescer em minha alma presente…
30.07.2006 – 21:47h

[email protected]
Obs: Imagem enviada pela autora

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I