Rômulo Vieira 15 de outubro de 2018

Me busco no infinito
Me perco no meu encontro
Suspiro a esperança
Mas não vivo esse momento
Que se passa? Por que tanta confusão?
Há sonhos e esperanças?
Onde encontrá-los?
O que me falta se devo ser pleno?
Paz todos em busca
Doação muito pouco se ver
Parecem todos com medo
Não se vêm, estão escondidos
Máscaras que caem
Ilusões vencidas
Sonhos perdidos, mas renovados
Desejos a flor da pele
Coração dispara a cada encontro
Com quem? Nada concreto
Apenas acreditando no amor
Que dá vida, permite sonhar, rejuvenesce
Onde estais por que não te vejo?
Nossos passos parecem paralelos
Nossos corações batem em descompasso
Porque ainda não sei quem és
Te amo, te quero, te espero
Amor pra sempre, és tudo.

Obs: O autor, Prof. Dr. Rômulo José Vieira é Acadêmico da Academia de Ciências do Piauí; Acadêmico da Academia de Medicina Veterinária do Piauí; Acadêmico correspondente da Academia de Medicina Veterinária do Ceará; Acadêmico correspondente da Academia Pernambucana de Medicina Veterinária.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I