www.dedvaldo.blogspot.com.br
domedvaldo4993@gmail.com

Não é intento meu tecer aqui considerações a respeito da realização do julgamento do Supremo Tribunal Federal, sobre o chamado “mensalão”, amplamente divulgada pela imprensa escrita e pela televisão com grande audiência. Quero apenas salientar que este processo de alto nível, marco histórico na Justiça brasileira, redime-a um pouco da pecha de que no Brasil só os três “bps” (preto, pobre e prostituta) sofrem os rigores da lei. Agora, felizmente, o que presenciamos é que também ricos e poderosos, homens do Palácio do Planalto e do Legislativo federal, do sistema bancário e do poder econômico, estão sendo julgados e examinados em ações fraudulentos pela mais alta Côrte de Justiça de nosso país

Quero apenas mostrar com um exemplo, que serve de lição para a nossa juventude, que esta tal lei de cotas raciais é um “tiro no pé”, porque necessariamente vai provocar desnível de qualidade e de prêmio à meritocracia para as Universidades federais, em confronto com as boas escolas particulares de ensino superior, que admitem o aluno pelo critério do mérito e não pela cor de sua pele. Necessário se torna urgentemente que o ensino fundamental e médio das escolas públicas¸ que se supõe serem dos pobres, rivalize em eficiência com o das escolas particulares, supostamente frequentadas pelos ricos.

O exemplo é do ministro Joaquim Barbosa, relator do mais famoso processo da Justiça brasileira, com milhares de páginas, que apesar de algum “bate-boca” com o revisor Ricardo Lewandowski, vem se mostrando de competência inigualável. Quem é Joaquim Barbosa? – responde-me um ex-aluno meu do Salesiano, hoje competente médico do Recife, que me enviou por via eletrônica o “curriculum vitae” do ministro.

Joaquim Barbosa nasceu em Paracatu, humilde cidade do noroeste mineiro. Foi o primeiro de oito

irmãos. Seu pai era pedreiro e sua mãe dona de casa. Passou a ser arrimo da família, quando os pais se separaram. Aos 16 anos, foi para Brasília, arranjou emprego na Gráfica do Correio Braziliense e assim terminou o segundo grau, sempre em escolas públicas. Obteve o bacharelato em Direito na Universidade de Brasília, onde a seguir obteve o mestrado em Direito do Estado. Foi oficial de chancelaria no Ministério das Relações Exteriores de 1976 a 1979, tendo servido na embaixada do Brasil em Helsinki, Finlândia e, depois, advogado do serviço federal de processamento de dados (SERPRO). Prestou com êxito o concurso público para Procurador da República, mas licenciou-se do cargo e foi estudar na França por quatro anos, tendo obtido mestrado e doutorado em Direito Público na Universidade de Paris-II (Panthéon-Assas) de 1990 a 1993. Retomou o cargo de procurador da República no Rio de Janeiro e professor concursado da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, a UERJ. Foi “visiting scholar” de Direitos Humanos no Instituto da Faculdade de Direito da Universidade Columbia de Nova York de 1999 a 2000 e depois, na Universidade da Califórnia Los Angeles School of Law de 2002 a 2003.

Fez estudos complementares de idiomas estrangeiros no Brasil, na Inglaterra, nos Estados Unidos, na Áustria e na Alemanha. É fluente em inglês, francês, alemão e espanhol. Toca piano e violino desde os 16 anos de idade. As más línguas dizem que seus elegantes ternos são confeccionados por alfaiates de Paris e Nova York…

Este é o homem que não precisou de cotas raciais ou sociais para chegar aonde chegou…(18.09.12)

É arcebispo emérito de Maceió.



busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposioDesenhos

Srie "Natureza"

Srie Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Srie "Detalhes"

Srie "MoradaImprovisada"

Srie Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Srie Flores

Srie Flores

Esporte na Colnia

Srie Natureza 01

Srie Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomerao...

Porto florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunio privada...

Espaos ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergncia II

Convergncia I