Cássio Amaral 1 de agosto de 2018

“a saudade
é um filme sem cor
que meu coração quer ver colorido”
Zeca Baleiro.

Para Malu (Maria Luiza Amaral), minha filha.

Sal do mar
Sal da vida
Sal do dia
Sal o sal
A água não é igual ao sal
Porque o sal é milagre meu em ti
e o milagre de ti em mim.

Sal da chegada
Sal da partida
Salgado este poema
Nas lágrimas que já derramei
Nas madrugas que não dormi
Na saudade que atravessa a alma
Seu amor amor meu amor verdadeiro
Brava, sapeca, esperta, inteligente
Sua risada e sua presença
Que invade apenas saudade.

Vida, provação, premissa de lapidação
Purificação alem purificação
Meu ser até morreu duas vezes sem ti
E ainda vive na vida a vida que tenho esperança
De apenas abraçar-te, beijar-te.

Lembro do Bilhete de Felicidade
Que me destes antes de nascer num sonho
Você tinha esses cabelos cacheados também
Bem antes de você nascer você me apareceu no sonho.

Comecei o poema pra livrar-me da saudade
Mas agora sei que o reencontro é a paz
Que tenho e anseio.
Porque o pai te ama Malu.

Obs: Imagem enviada pelo autor.



busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposioDesenhos

Srie "Natureza"

Srie Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Srie "Detalhes"

Srie "MoradaImprovisada"

Srie Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Srie Flores

Srie Flores

Esporte na Colnia

Srie Natureza 01

Srie Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomerao...

Porto florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunio privada...

Espaos ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergncia II

Convergncia I