Betto Santos 15 de junho de 2018

[email protected]

Chore o mar todo, inteiro…
São muitos barcos, algumas jangadas e um jangadeiro.
Chore! Chorar faz bem,
logo a alegria retorna, chega, vai e vem.

Chore um céu, uma lua, todas as suas estrelas,
sua beleza, seu mistério, seu silêncio.
Homem, chore sua vida…
Chore poeta, debruçado face a face,
estampado sobre a face um poema.

Chore seu caminho, uma lembrança, um açoite,
o sol, um descaminho, suas escolhas, seus amores,
perdidos pelo tempo, seu passado ao relento, pela noite.

Chore absorto, louco e insano neste momento..
Eu estou chegando tênue, delicada, com o vento,
para aliviar sua opressão, sua dor, seu tormento.

O amor cabível em seu peito, uma semente
livre, reticente, peculiar, salutar, envolvente,
entrará arrebatador em sua janela ou, porta adentro,
esqueça todo o seu passado, já é o presente.

http://bettosantos.blogspot.com

Obs: Imagem enviada pelo autor

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I