edilrural@gmail.com
https://blogdopadresena.wordpress.com

Um balanço de como aconteceu a semana no Brasil e em nossa região, não é muito animador. É preciso encarar a realidade sem medo de construir o futuro a partir dessa realidade cruel. A noite escura continua a dominar a nossa sociedade. Subiu o preço do gás de cozinha e a exploração da Rede CELPA com a alta da tarifa de energia, exemplos que esmagam o orçamento familiar. Os vereadores de Santarém se acham donos absolutos de seu mandato. Querem criar leis, mesmo afrontando orientações do Ministério Público Estadual, e as resistências dos movimentos populares organizados, em Alter do Chão e em Santarém. Outro exemplo, 14 comunidades rurais da região do rio Curuauna padecem com a seca do rio. Porém, a barragem da hidroelétrica local continua abastecendo 4 turbinas, sem que a Eletronorte se preocupe com os sofrimentos dos moradores rio acima.

Enquanto isso, onze dos 17 deputados federais do Pará se prostituíram mais uma vez em Brasília. Acabam de apoiar a permanência do acusado de corrupção, Michel Temer no cargo de presidente. Alguns dos deputados paraenses tem a audácia de publicar outdoors em Santarém, anunciando aplicação de verbas em obrinhas na região, frutos da prostituição política. Pensam eles que com esses recursos trazidos para Santarém, serão reeleitos no próximo ano. Infeliz de quem ainda votar num desses vendilhões da confiança dos eleitores.

Mesmo que o balanço da semana pareça sombrio, houve também sinais de luz durante esses dias. Merecem aplausos os movimentos sociais de Alter do Chão, resistentes e persistentes contra o absurdo da Câmara de Vereadores. Estes querem mudar as regras do uso do solo urbano, sem respeitar os direitos da população. Para atender interesses de empresários, os vereadores decidem até afrontar o Ministério Público Estadual, falando em autonomia de poderes. Como em Brasília a bagunça está montada, no Congresso Nacional, Supremo Tribunal Federal e poder executivo, pensam eles que não precisam escutar os moradores e eleitores antes de criar uma nova lei de interesse coletivo.Também merecem aplausos os Movimentos populares organizados de Santarém, que estão atentos às manobras do poder executivo em atualizar o Plano Diretor do Município. A cidade deve existir para convivência harmoniosa dos moradores e também no meio rural. O plano diretor não é para atender apenas interesses de empresas e empresários que querem se instalar em locais que prejudicam os moradores. Os movimentos populares já mostraram propostas na audiência anterior e estarão na próxima prontos para defender um plano digno das 300 ml pessoas que habitam a cidade e as 30 mil que habitam comunidades rurais.

Com relação à realidade cruel nacional, tivemos uma boa notícia vindo da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. A presidência da CNBB publicou declaração de repúdio “a essa imoralidade  de governantes e ministros do Supremo Tribunal Federal. Eles repudiam a falta de ética instalada nas instituições públicas, empresas, grupos sociais e atuação de políticos que traem sua missão”.  Dizem que “é grave tirar a esperança de um povo, mas apesar de tudo isso, é preciso vencer a tentação do desânimo. Só uma reação do povo consciente e organizado, no exercício de sua cidadania, é capaz de purificar a política, banindo os que são corruptos”, finaliza a declaração. Está ai, um desafio lançado a todos nós pelos bispos, não cair na tentação do desânimo, reagir aos políticos corruptos e construir uma nova política nacional. Significa que nossas igrejas, sindicatos, associações, grupos de mulheres, precisamos sair do acomodamento e desânimo. Oxalá os próprios bispos assumam entra na resistência ativa junto com seus fiéis de dioceses, paróquias e movimentos eclesiais, com juventude, cursilho, carismáticos. Assim poderemos mudar essa imoralidade atual.

Obs: O autor é membro da organização da Caravana 2016
 Coordenador da Comissão Justiça e Paz da Diocese de Santarém (PA) e membro do Movimento Tapajós Vivo.
Autor dos livros: Amazônia: o que será amanhã? (Vol I e II) e Uma revolução que ainda não aconteceu



busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I