elza fraga 1 de julho de 2017

[email protected]
tempoinverso.blogspot.com.br
contosincantos.blogspot.com.br
versoinverso.blogspot.com.br

O Brasil tem duas opções pra tentar se equilibrar até 2018.
Uma é o povo denunciar a farsa e a edição das gravações até a exaustão, fazer da vida do janotinha um inferno, e com isso assegurar no poder um presidente que recebe bandido pra conversas escabrosas e o deixa sair pela porta da frente com aperto de mão. Parece ilógico porque teríamos que vigiá-lo bem de perto e não temos poder pra isso. Ele não poderia mais sair por aí canetando o que bem entendesse por falta de estofo moral para tal.
Seria um preço justo pra se tentar normalidade em 2018.

A outra é seguir o que manda a CF caso ele seja apeado do cargo. Colocar aquele chileno falsificado, não deixar que atropelem a Constituição colocando um remendo que permita eleições diretas, mandar os nomes – tirados sei lá de que cartola mágica – pra ser escolhido um novo presidente em eleições indiretas. E aí a gente sabe no que vai dar, os votantes estão todos mergulhados juntos no mesmo mar de dinheiro e lama.

Parece que a gente não tem palavra forte o suficiente pra exigir isso que chamamos de legalidade, eles tomaram o país de assalto e cospem na CF, cospem nos nossos rostos, cospem em quem ousa atravessar seus caminhos indecentes. Farão do jeitinho delles!
Então como a escolha do carrasco não será nossa vamos tentar esconder o pescoço.
Até porque a palavra matar entrou nas gravações, se metáfora, se a vero, só saberemos com o andar da carruagem.
Tasca chicote pois nos lombos dos cavalos e vamos em frente que a estrada é sinuosa, cheia de armadilhas e habitada por feras.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I