ranuldo comentar a vida

Às vezes, nos pedem opinião sobre outras pessoas. É uma tarefa melindrosa comentar a vida alheia, mesmo quando é necessária. Opinar sobre pessoas ajuda a apreciá-las, a iniciar relações e informar outros. Mas, é preciso ter em mente que qualquer olhar junto com fatos e imagens reais, há idealizações, generalizações, desinformação, preconceitos… afinal, “o coração dos outros é terra que ninguém anda”… e não dominamos “razões que a própria razão desconhece”…
Na prática, será sempre prudente observar vários pensamentos construídos, aprendidos e cultivados, indispensáveis na hora de falar e avaliar a trajetória das pessoas. Entre essas muitas lições, pode-se destacar as seguintes:
a. Analisar comportamentos e situações nos obriga ao exercício de separar dimensões que só existem no conjunto. Só se entende a unha, o coração e o cérebro, na unidade de um corpo.
b. Uma coisa que caracteriza o ser humano é sua incompletude. Ninguém está pronto. Há exemplos de permanentes mudanças, conforme se convencionou socialmente, para melhor ou para pior.
c. Costuma-se falar de defeito a ausência de qualidades que deveria ter um ser humano, caso houvesse um ser humano normal ou ser humano padrão. Defeito seria é, então, um desvio derivado de uma escolha.
d. A vontade de ser perfeito, já levou gente ao perfeccionismo (moralismo, ritualismo, intolerância) que transforma a pessoa naquilo que combate. Atrás da arrogância, uma insegurança; atrás da rudeza, um apelo por afeto…
e. Erros e desvios são humanos. A grandeza da pessoa humilde é reconhecer, assumir e converter-se (voltar ao leito de onde não deveria ter saído), sem nunca projetar em outros, o próprio mal que pratica.
f. Há momentos pedagógicos em que não se entende, não se concorda, mas se espera. Mas, há situações, em casa e na sociedade, em que é preciso alertar, denunciar e combater posições pelo mal que produzem.
g. A pessoa é o que é; ou melhor, é o que fizeram dela e o que ela fez do que fizeram dela. Traz a herança de antepassados, influência do meio e do tempo em que vive e do esforço pessoal de construção.(1º. de março/17)

Obs: Imagem enviada pelo autor.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I