foto dgilberto nova

https://www.facebook.com/DiocesedeCratoCE/

No dia 14 de dezembro de 2016, dom Gilberto Pastana teve o dia dedicado a uma missão: confirmar no batismo jovens que, após um período de preparação, se mostraram aptos, de acordo com os catequistas e os párocos, a receberem o sacramento do Crisma. Na Paróquia Santo Antônio- Santuário da Divina Misericórdia, em Barro, esse momento aconteceu durante a manhã e na Paróquia São Vicente Ferrer, em Lavras da Mangabeira, a tarde e a noite.

Pela manhã 243 crismandos receberam o sacramento, a tarde 175 e a noite 156, totalizando assim mais 574 jovens confirmados no batismo. Além do ritual próprio do sacramento, o bispo destacou a necessidade que o compromisso cristão, meditado na palavra, seja vivenciado na prática, no compromisso cidadão. Quando viu que, devido o calor, alguns jovens, padrinhos e familiares bebiam água utilizando garrafas e copos descartáveis, no final da celebração, pediu a três coroinhas para, com sacos de lixo, irem à frente e ao meio da Igreja para a assembleia colocar o lixo dentro deles. “Assim estamos salvando a natureza”, afirmou dom Gilberto, incentivando os fiéis a cuidarem da casa comum, que é o meio ambiente.

Em Lavras da Mangabeira foram cheios três sacos de lixo, com material reciclável.

Outro apelo do bispo foi sobre valores que os cristãos devem ter em sua vida.

Eis sua fala:

“Quando os discípulos de João perguntam a Jesus se ele era o Messias, na passagem do evangelho de hoje (Lc 7, 19,23), ele não disse: ‘Sou eu’. Ele disse o que está acontecendo: ‘Ide a João dizer o que vocês estão vendo e ouvindo’. É preciso ver e ouvir. Isso nos faz também recordar a nós. Quem nós ouvimos hoje? Quem nós escutamos hoje? Quem, na verdade, forma a nossa consciência hoje? As nossas atitudes são tomadas a partir de que e de quem? Quem é que influencia na nossa casa? Quem influencia em nossa vida? É a catequese que nós recebemos na Igreja ou as novelas da Rede Globo? O que nós repetimos? O que tem mais força? É o que a catequese nos ensina? É o que os nossos pais nos dizem? Ou é a porcaria que nós aprendemos com as novelas ou programas que não educam em nada a vida humana?”

 “O que nós vemos? Vemos a necessidade da comunidade? As necessidades da vida? Ou vemos as propagandas dos melhores celulares, das melhores televisões, das melhores casas? E isso nos fascina, isso cria dentro de nós desejos… São desejos de Deus? Jesus responde aos discípulos: ‘Ide e dizei a João o que vocês estão vendo e ouvindo’. O que os discípulos de João viram? ‘Os cegos veem, os surdos escutam, os paralíticos andam’. Que cegos são esses? Será que são os cegos de nascença? Ou são os cegos que dizem que enxergam, mas só enxergam o que lhe interessa, o que não interessa ele faz de conta que não ver. Esses são os piores cegos. Jesus cura todos os cegos que não enxergam os sinais. Os discípulos de Jesus, os que topam segui-lo, tem que mudar seu modo de ver as coisas, não podem ver a partir do mundo, mas sim a partir do reino, a partir de Deus.  Quem são os surdos? São os doentes físicos ou aqueles que não ouvem a palavra de Deus? Não acreditam, não escutam, não a interiorizam em sua vida? Por fim, quem são os paralíticos? Para onde nós andamos? Qual é o nosso rumo? Conhecemos bem o caminho da casa do Senhor? Somos capazes, mesmo na escuridão, de encontrar este caminho? De sabermos chegar a esta casa sozinho ou acompanhado? Esta casa se torna minha casa? Eu conheço essa casa? Paralitico é aquele que não anda ao caminho do outro, que não vai encontro do outro, aquele que não caminha para casa do Senhor, este é o paralitico.(15.12.2016)

Obs: Retirado de https://www.facebook.com/DiocesedeCratoCE/

 O autor é Bispo Diocesano de Crato

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I