EU CREIO
freiadolfo eu creio e via sacra

Com tudo isto, o povo não se entrega. O lavrador reza seu Creio – em – Deus – Pai quando pega no machado. É um ato de fé no Deus Criador, quando derruba três tarefas de mato nesta seca que matou toda vida. O povo do Garrote olha para cima e se admira: Quem é este que derruba uma banda da serra? É o Sr. Messias. Não é de Nazaré e, sim, da Serra do Exú, mas é da mesma estirpe, pois vai salvar o povo da fome. Ele já sonha com fartura e, por incrível que pareça, já tem medo da tentação do homem que aumentou seus depósitos. Mas não tem perigo, Sr. Messias. O Senhor vai espalhar as abóroras pelas casas dos vizinhos, Dona Teresa vai levar um milho para o Irmão João, e o dono da terra quer sua parte. No fim vai caber tudo folgado na sua casinha.

“Senhor, abre os céus. Não decepciona a confiança dos pequenos.” A roça já se ofertou em holocausto; foi um grande incenso que Messias fez subir ao céu. Agora falta a resposta da divina graça: Que as nuvens chovam o Salvador!

VIA SACRA

No sítio Seco tem frente de emergência. Quando o serviço começou, Deus operou um milagre: acharam uma água que mina. Era desta água que Damião carregava duas latas todo dia lá para a ladeira da serra, onde ele mora. Subia o calvário com toda a dignidade, sabendo do tesouro que levava: esta água é para o pote, para cozinhar o feijão, para as galinhas, para banhar os meninos e para molhar um pé de mato que serve para fazer chá. Agora acabou-se. A veia d´água deu vida a muitas famílias, mas esgotou-se com o aperto da seca. Por fim ficou fraca, chorando ainda umas lágrimas como quem diz: estou com pena de vocês.  Agora a caminhada vai deserto adentro, e Damião tem que subir a Serra do Noia para buscar água no Lambedor, que são duas horas de Via Sacra. Senhor, abre os céus, para aliviar os ombros do sofredor.

Obs: O autor é  Frade Franciscano, nasceu na Alemanha em 1940.
Chegou ao Brasil como missionário em 1964. Depois de completar os estudos em Petrópolis atuou no Piaui e no Maranhão. Exerceu trabalhos pastorais nos anos 80 em meio a conflitos de terra. Desde 1995 vive em Teresina no RETIRO SÃO FRANCISCO onde orienta pessoas na busca da vida espiritual.

Foto enviada pelo autor.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I