elza fraga 15 de setembro de 2016

[email protected]
tempoinverso.blogspot.com.br
contosincantos.blogspot.com.br
versoinverso.blogspot.com.br

1. PENSE

Use a cabeça para o fim que se destina. Nada de comprar chapéu de sol, experimentar penteados, usar o corte da moda nos cabelos sedosos.

1-A) Pense em cada provável candidato, abra informações sobre ele onde der e tiver, estude a vida pregressa, saiba tanto dele quanto sabe da vida do vizinho antipático que se engalfinha com a mulher em memoráveis escândalos. Cuidado especial com os que muito prometem, com os que não tem ganha pão oficial e vivem pendurados em cargos políticos desde a idade média, e com os que tem olho de sanpaku [é com n mesmo antes do p, não me perguntem porque, porque quando não sei, confesso e passo vergonha!]

1-B) Compare candidatos como compara preços nos supermercados da vida. Não compre gato por lebre. As vezes o queijo mofado é de melhor gosto que o branquelo de Minas. Desce melhor pela goela abaixo e não dá piriri nos dias subsequentes.

1-C) Não acredite em tudo o que ouve, mas desconfie, o povo aumenta, mas não inventa todo o enredo. Fazer novela é criatividade de canais de televisão que calam a boca quando o assunto é espinhento e nos deixam à deriva, sem informações séria, brincam de cachorro morto. O povo não, que esse não é bobo, só finge que é pra viver sem levar cascudo.  A voz do povo é a voz de quem escutou o galo cantar, só não sabe onde.

1-D) E ainda no item pensamento, tire umas horinhas por dia pra se questionar porque cargas d’água tantos querem tanto um carguinho cheio de pepinos pra descascar.  Uma função onde o que mais se escuta é oposição metendo a lenha no couro do proponente. Estranho isso,  então pense, pense e pense mais um ‘cadinho até achar a resposta certa. Questão difícil, e a prova nem é múltipla escolha, é discursiva, meu filho!

2. OLHE

2-A) Olhe com cuidado o resultado da última gestão de cada um em cada área, caso eles já tenham dado contribuição ao solo pátrio.

2-B) Ponha os óculos e examine situações, não se avexe que isso é normal, ninguém, ainda, vai lhe perguntar porque está com o nariz, e os olhos, metido onde não foi chamado. Vão até lhe mostrar algumas coisinhas agradáveis de se ver, e aí desconfie e xerete mais, aposto que você acha o túnel, se com luz no fim não sei, mas está lá, é só ter competência xeretatória e ir em frente.

2-C) Olhe qual foi o mais mão aberta em causa própria. O que foi o mais maquiador de estradas que se desmancham como papel no primeiro chuvisco de verão. O que socorreu a população quando o morro desceu com barraco e tudo e construiu, de verdade, casas populares que não trincam antes de acabadas. O que foi o mais ‘tô nem aí’  e vou mais é administrar lá da minha mansão na praia, ou em resorts na Bahia, que lá também é bom. O que gosta de viver com a cabeça nas nuvens, e tem avião particular com direito a carona pra turma que lhe acompanha nas andanças governatórias. Helicóptero também não é muito bom, faz o sujeito ficar sonhando com o dia que tiver o avião do outro, gera atritos demais, muita maledicência, um fica jogando a culpa de tudo no adversário e arrisca você ficar doido no meio do tiroteio verbal.

2-D) Mas já que você, caro eleitor, vai ter que escolher, então olhe com olhos de ver. Nada de leitura dinâmica, tome tenência e deixe a preguiça de lado, faça uma leitura apurada e real dos fatos.

Como esse manual tem pra lá de 500 páginas, sem ilustração, deixo os dois primeiros tópicos por achar que já dá pra quebrar o galho e alertar :

Vai votar?

Então se liga, rapaziada, pois votar não é pra principiantes. E não estou falando de idade, estou falando de qualidade e discernimento.

Talvez eu disponibilize o manual inteiro um dia, se meu tempo nesse plano permitir e os ares estiverem frescos, pois com esse calor todo os ânimos ficam acirrados   e posso levar uma leitura dinâmica pelas fuças.

Boa sorte na peneirada. Ouro, ouro mesmo, não acharão, mas quem sabe um olho de falcão, pedra conhecida como mensageira dos deuses, não cai dum céu de brigadeiro só pra nos engordar mais um pouquinho?

O negócio é perseverar. Desistir é pros fracos, somos gigantes, adormecidos como canta nosso Hino. Corramos atrás que o despertar pode estar nos esperando na esquina.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I