Ana Eliza Machado 15 de novembro de 2015

[email protected]
nmpensante.blogspot.com.br

Sempre achei os números de uma frieza infindável. Não acho neles o conforto e o acolhimento que encontro nas letras. Estão ali só pelo fato de estarem, para transmitir quantidades, unidades. Números não tem caráter nenhum, não guardam nenhum sentimento escondido, não tem poesia alguma.
E o que incomoda é isso. Porque, em alguns aspectos, não passamos disso: números. Não importa nosso nome, nossa história, nossos sentimentos e pensamentos. O que importa é que estamos inseridos em números, nada mais.
Para algumas pessoas, não passamos de números de seguidores ou números na agenda de telefone; para os políticos, não passamos de números e estatísticas eleitorais; para a Receita Federal, somos alguns números que ao menor sinal de equívoco acarreta em alguns punhados de zeros; para os jornais, um massacre não passa de números.
Em um mundo onde a crosta de indignação já se cicatrizou; onde nada mais assusta ou surpreende; um mundo onde a frieza tem se tornado cada dia mais palpável, mais sensível, não é de se surpreender que tenhamos nos reduzido a nada mais do que simples estatísticas.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I