jaime sidonio

[email protected]

Deus sonhou e continua a sonhar com um mundo harmonioso. Um mundo amoroso, pois Deus é amor e a novidade cristã consiste exatamente em crer nessa verdade.

Maravilhosa é a obra de Deus. Com tantos sinais de fidelidade e de amor incondicional, Deus acompanhou a humanidade em sua caminhada histórica até a “plenitude do tempo”. E, nesse momento, porque “Deus amou tanto o mundo” (Jo 3,16), o seu sonho se concretizou em Jesus de Nazaré, que veio nos mostrar quem era Deus: “Quem me viu, tem visto o Pai” (Jo 14,9). Nele, Deus se revelou e fez a mais expressiva declaração de amor a toda a humanidade. Nele, o amor se encarnou, se fez gente e armou usa morada entre nós para nos ensinar a amar e convencer-nos de que não há outro caminho, a não ser o amor. “O que eu vos mando é que vos ameis uns aos outros” (Jo 15,17).

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I