[email protected]

19/09/2015

Como é bom celebrar a vida e principalmente ter o que comemorar.

Assim foi a festa de Estelita José da Silva, a nossa querida Ester, nossa catequista. Trabalhou muitos anos com os monges beneditinos de São Bento, Escola Agrícola, ligada a Universidade Federal Rural de Pernambuco, no município de São Lourenço da Mata. Hoje ou seja a vários anos, transferida para a cidade de São Lourenço devido a maior parte da região ter sido inundado pelas águas do Rio Tapacurá, formando a grande barragem de Tapacurá. A vida de Ester era totalmente dedicada a Igreja e aos monges para os quais trabalhava. Fazia manteiga, doce de goiaba de corte, a comida do dia-a-dia, tudo muito gostoso e feito com muito carinho. O sítio dos padres como era chamado tinha um grande pomar, horta, criavam porcos, gado e galinhas, tudo para o sustento dos monges. Era responsável pela Legião de Maria, a qual fazíamos parte, meus irmão, eu e as demais crianças e jovens do local. Trabalhou muitos anos com os párocos que passaram na paróquia de Chã de Alegria e continua ligada ao pároco e a todas as atividades da Igreja, que é a sua razão de existir.

Ester passa o ano se preparando para o seu aniversário. Cria galinhas, as quais são destinadas ao seu aniversário.

A mesa farta e variada. A casa cheia de amigos, de todos os níveis sociais, residentes na Chã de Alegria, cidade situada na região metropolitana do Recife. Muitos padres, inclusive o pároco, é claro, seu amigo particular. Suas irmãs freiras, uma da ordem beneditina e algumas  irmãs, da mesma ordem e a outra pertence as Damas da Instrução cristã, acompanhada também de outras irmãs da ordem. Ester também quis ser freira, chegou até o noviciado, nas Damas Cristãs, todavia por problema de saúde, não conseguiu se adaptar a roupa de lã, muito quente, teve que deixar a ordem. Prefeito atual, ex-prefeito, Sr. Mariano, que inclusive também fez 90 anos este ano, comerciantes, amigas da cidade e da zona rural, acompanhadas dos maridos, filhos e netos. Amigos antigos, de São Bento, mamãe, Sílvio meu irmão e eu, hoje moramos em Olinda. Outros amigos mais recentes também residentes em Olinda.

O que mais chama a atenção é a disposição desta jovem senhora, solteira, católica praticante, que vive para a Igreja e ainda hoje faz parte da pastoral da saúde, visita regularmente os doentes. Congrega ao seu redor muitos filhos do peito. Todos aqueles que conviveram e convivem com ela de uma forma ou de outra se sentem seus filhos, pois sempre os trata, novos e idosos, com carinho e atenção.

O fantástico desta jovem senhora é a forma como organiza a festa, alegria, entusiasmo e prazer são os ingredientes principais. Nenhum detalhe escapa ao seu controle, comida abundante e saborosa, pratos, garfos, facas, colheres de sobremesa , copos. Refrigerantes e a sempre bem-vinda cervejinha gelada.  Atenta a tudo e a todos que chegam para homenageá-la. Os tira-gostos saborosos, não posso deixar de mencionar o delicioso marisco de coco, trazido da Praia de Carne de Vaca, por uma amiga do vigário e sua também. A buchada de bode feita por uma amiga de Ester, D. Maria José, residente em um sítio na vizinhança, estava maravilhosa, além de todas as outras iguarias que tornavam a mesa irresistível.  Não podia ser diferente, feita com aquele ingrediente que não pode faltar as comidas gostosas, o amor. Além de todas as outras iguarias que tornam a mesa irresistível.  Contrata as pessoas para ajudá-la, outras se  prontificam para arrumar e ornamentar a sala de vistas, com bolas, cartazes, banner, alusivos aos seus 90 anos e o lindo e gostoso bolo de aniversário.

Esta é a gratificação daquela que foi só dedicação ao longo de sua vida: ter amigos e parentes ao seu lado. Para realizar festa de tamanha envergadura não precisa ser rica, basta apenas ter prazer em festejar.

Parabéns Ester querida, vida em abundância e na abundância.
Olinda, 20/09/2015.

Obs: Suely Telma Vieira Costa ( Lila Costa)   é Membro da Academia  Escadense de Letras – AELE e da Academia Morenense de Letras e Artes – AMLA.

 

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I