[email protected]
dirceubeninca.wordpress.com

Preconceito é um conceito prévio. É uma espécie de tiro no escuro. A chance de não acertar o alvo é muito grande. O preconceito pode ferir, machucar ou ser fatal. Normalmente, o preconceito, que se processa na esfera metal, vem acompanhado de suas práticas. A segregação, a discriminação, a exploração, a acusação falsa, a dominação, a exclusão, e segue a lista, são modos pelos quais o preconceito ganha corpo, se materializa.

É quase óbvio demais, mas nem por isso deve-se deixar de dizê-lo. E, nesse caso, também de combatê-lo. Salta a evidência de que o preconceito ocorre em função da etnia, cor, nacionalidade, religião, orientação sexual, orientação política, ideológica e um sem número de outros fatores. O fenômeno pode se arraigar mais em determinados contextos históricos, sociais e culturais do que em outros. Nas sociedades ocidentais, tradicionais, interioranas, provincianas ele parece encontrar terreno ainda mais fértil.

De tanto ser preconceituosa, uma pessoa, um grupo ou uma sociedade passa a achar que seu modo de pensar e agir são naturais. A naturalização do julgamento prévio, precipitado ou infundado e a quase automática prática de condenação, violência simbólica ou até física compõe o modo de ser dos assíduos preconceituosos. Em tais casos, o preconceito possui o preconceituoso muito mais do que este possui aquele. Quando o preconceituoso é apossado pelo preconceito, seu conceito prévio lhe soa como a verdade única e a certeza sobre todos e sobre tudo.

Há diversos teores de preconceito e diferentes categorias de preconceituosos. Existem os preconceituosos temporários e os permanentes; os que o são por razões emocionais, culturais, sociais, racionais e irracionais. Há preconceituosos nacionais e estrangeiros. Mas, há também muitos que são nacionais e que estão imbuídos de preconceitos contra estrangeiros e imigrantes. Se forem negros, pobres, mulheres, muçulmanos e desempregados, a chance de serem vítimas dessa epidemia virulenta do preconceito se multiplica por mil.

Com a intensificação da migração, muitos negros africanos e negros de outras nacionalidades estão ingressando no Brasil, bem como se dirigindo para outros países em busca de trabalho e melhores condições de vida. Sabe-se que esse fenômeno é global e vem sendo fortemente estimulado pela escalada da globalização neoliberal. Se, por um lado, nesse tempo as migrações são facilitadas, por outro, elas são ainda mais produzidas e forçadas. Migração forçada é sempre um processo violento e doloroso.

Imaginemos, então, quem é alvo de um processo de migração forçada. Ao chegar a algum lugar, normalmente um local incerto e distante, com direitos de todo descobertos, ao invés de boa acolhida, se depara com o nefasto preconceito discriminatório e condenatório. Pior que isso, impossível. A esses sujeitos de direitos negados, de cidadania em suspenso, o preconceito acaba de sangrar sua dignidade. Contra os preconceitos sem limites, precisamos lutar pelos direitos humanos sem fronteiras aos imigrantes.(23.06.2015)

Obs: O autor é Doutor em Sociologia, pós-doutor em Educação e professor da Universidade Federal do Sul da Bahia.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I