jaime sidonio

[email protected]

O convite para ir ao deserto sob o olhar amoroso de Deus, implica na consciência de nossas fragilidades, mas, ao mesmo tempo com a convicção de ser profundamente amados. Cheios de confiança e com humildade, vamos olhar nossos caminhos, vamos colocar-nos em atitude de escuta atenta, empenhando-nos em redescobrir e retomar nossa vida de cristãos, acolhendo esse tempo como tempo de confronto e de decisão, procurando discernir a vontade de Deus para nossa vida, a exemplo de Jesus. E depois, cheios do Espírito que Deus vai derramar sobre nós, podemos retomar nossas atividades.

Deserto é também lugar do silêncio. São Francisco de Assis dizia que “onde há paz e meditação, não haverá nervosismo e agitação”. É no silêncio que os sentimentos poderão ser esclarecidos, que as emoções confusas poderão ser compreendidas, que o emaranhado de desejos e compulsões poderá ser organizado. Da experiência do confronto num ambiente de silêncio, pode nascer a vida nova. Nesse silêncio, mesmo em meio às ansiedades e temores, poderemos orar confiantes ao Pai, pedindo o dom do Espírito, para iluminar nossos passos. Para isso Jesus é nosso modelo. Ele, com freqüência, retirava-se para orar ao Pai.

 Certamente poderá nos ajudar a orientação do apóstolo Paulo: “Orai sem cessar. Daí graças, em toda e qualquer situação, porque esta é a vontade de Deus, no Cristo Jesus, à vosso respeito…” (1Tes 4, 17-18). Orar sem cessar deve ser a nossa atitude e isso significa orientar para Deus tudo o que fazemos, buscando discernir e realizar sua vontade. Mas eu diria que significa, sobretudo, permanecer no amor, entregar-se confiante ao amor de Deus para deixar-se amar por Ele.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I