NATAL!…
–MISTÉRIO DIVINO. Mistério vivenciado festivamente por toda a humanidade há mais de dois mil anos.
–MISTÉRIO INCOMPREENSÍVEL, pois não é fácil compreender como um Deus Todo-Poderoso, Criador de tudo e de todos renunciou à infinita magnitude celestial e veio para a terra, sob a forma de uma frágil criancinha, para ficar entre nós, igual a nós.
–MISTÉRIO FRATERNO. Aquele pequenino Infante, Filho do seu Deus e nosso Deus, tornou-se irmão de todos os seres humanos.
–MISTÉRIO SALVADOR. O Divino Rei, despojando-se de sua majestade, levantou-se da vileza daquele rude estábulo onde foi acolhido por sua santa Mãe e elevou-se à condição de SALVADOR do mundo.
–A pequenina e desconhecida Belém foi palco deste tão esplendoroso acontecimento. Este foi o mais belo dia da terra! O céu ficou mais azul e seus astros brilharam mais. Era o dia da SALVAÇÃO.
–Jesus nasceu! O Natal de Jesus é, depois da Páscoa, a maior e mais importante festa dos cristãos.
–Para que o Natal se concretize ou se atualize em nossa vida, precisamos preparar nossa mente, coração, corpo e espírito com um generoso AMOR aos irmãos, conscientizando-nos de que a caridade beneficia mais quem a pratica de quem a recebe.
–Que a nossa ceia de Natal, como uma grande e sagrada mesa, abrigue ao seu redor os mais sofredores e necessitados, servindo-lhes como iguaria principal aquele AMOR que o Mestre nos ensinou e, sobretudo, viveu.
–Sejamos felizes, muito felizes com todos os que nos cercam na celebração do nascimento do nosso SALVADOR, pois a felicidade não existe só para ser experimentada, mas também para ser dividida com os nosso semelhantes.
–Procuremos onde está a miséria para elimina-la ou pelo menos minimiza-la, fazendo isto sem alarde ou ostentação. Eis aqui uma atitude verdadeiramente “natalina”.
–“Dar quando se pede é ser generoso. Dar antes que nos peçam é ser IRMÃO”, pois “tudo será dado a quem tudo dá”.
Deus está sempre presente nas pessoas que amam e que se amam. O AMOR é o MISTÉRIO que une as pessoas e esta é a mais bela tarefa do ser humano.
–Que o NATAL 2011 seja o NATAL da fraternidade, da partilha, do amor.
Convidemos parentes, amigos, conhecidos e desconhecidos para, semelhante a uma grande e animada ciranda, entoarmos bonitas canções em prol da felicidade, da partilha e, sobretudo, da PAZ, para todos os habitantes desde privilegiado planeta TERRA.
–FELIZ NATAL! FELICÍSSIMO NATAL!
(*) Autora do livro – Retalhos do Cotidiano.
Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I