Laudi Flor 20 de junho de 2011
Não raro, me deparo com uma vontade tremenda de fazer coisas, que me parecem impossíveis. De um lado está o desejo enorme de concretizar qualquer sonho por mais louco que ele seja, do outro lado está a razão e essa me impede de realizar qualquer loucura, simplesmente porque ela (a razão),está ao lado da coerência.
Dizem que temos dois lados; o lado A e o lado B, o certo e o errado, o esquerdo e o direito, o lado de dentro e o lado de fora, um que diz não e outro que diz sim, um que voa como anjinho e outro que nos alfineta como diabinhos. Acredito mesmo que todas as pessoas vivem esse dilema, simplesmente porque dentro delas residem, como inquilinos permanentes, o sim e o não!
O poeta escreveu: ”Que há um lado carente dizendo que sim, e essa vida da gente gritando que não!”,certamente estava vivendo um desses conflitos existenciais. Clarice Lispector diria que essa é “a pior vontade de viver!”
E assim, aquele desejo de tomar um sorvete imenso acompanhado de bolo de chocolate quente resiste e desiste em favor da dieta e do corpo perfeito, o desejo de se tornar macaca de auditório e correr atrás do autógrafo do seu cantor preferido, resiste e desiste em favor do senso do ridículo e da postura elegante, o desejo de jogar tudo pro alto e se exilar numa ilha deserta, resiste e desiste em favor do emprego, salário e família.
É isso leitor amigo, todos nós nos balançamos entre o bem e o mal, e quem ousar dizer que possui só um lado, ou seja: só o bem ou só o mal, deve rever urgente seus conceitos, afinal, tem coisa mais chata e tediosa que conviver com alguém que se apresente sempre como “eterno bonzinho”, ou aquele que se apresenta como alguém que vê maldade em tudo? Sem contar que: Ter os dois lados, significa ter opção na hora decisão. Concordam?
Obs: Imagem enviada pela autora.
Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I