[email protected]

Queridos irmãos em Cristo,
Graça e Paz!

Diante das chuvas e das enchentes que alcançaram, principalmente, vasta região empobrecida dos estados de Pernambuco e Alagoas, o poder público e a sociedade civil se têm mobilizado para responder às demandas que surgem com milhares de pessoas gravemente prejudicadas. Em Pernambuco entre pessoas desabrigadas e desalojadas contam-se cerca de 80.000 pessoas em mais de 10 municípios do estado, com grandes e graves perdas sociais e ambientais. É certo que, em tal contexto, pessoas idosas, mulheres e crianças são a massa mais vulnerável, tantas vezes esquecida pelos planos oficiais e sem garantias de fiscalização das ações públicas e privadas em nossas cidades. Muitas delas estão abrigadas em igrejas, escolas públicas, casas religiosas, casas de familiares ou amigos etc. É certo que nas regiões afetadas não temos paróquias anglicanas, mas diversas igrejas cristãs foram afetadas, muitos assentamentos destruídos totalmente.

Neste momento de calamidade é preciso lembrar a famosa palavra do grande anglicano Wesley: “O mundo todo é minha paróquia”. Não houve comunidades anglicanas afetadas, mas todas as pessoas pobres são “nossas”, porque são a presença viva de Jesus entre nós (cf. Mt 25). Interpelam-nos quanto à capacidade de amor e a nossa responsabilidade pelo povo e pelo planeta.

Antes de tudo, confiamos toda essa sofrida gente a suas orações pessoais e da comunidade diocesana. Participar de campanhas de doação que se têm feito pelo país afora, além de gesto concreto de solidariedade, pode ser momento particularmente pedagógico de participação no sofrimento do povo, que não é apenas conjuntural, mas estrutural. É bom ter presente que pessoas que já não tinham quase nada perderam tudo, inclusive entes queridos. Momentos como este podem muito bem ser utilizados para ajudarmos o povo a crescer em consciência crítica sobre a realidade do país.

Estamos com o propósito de atender 4000 famílias nos seguintes municípios: Palmares, Água Preta, Barreiros, Catende, Cortês e Maraial. Estamos fazendo ações emergenciais e estruturantes em parceria com a ONG DIACONIA, Visão Mundial, Habitat Brasil, OXFAM-GB, Centro Sabiá, entre outras instituições. As famílias já estão cadastradas nos núcleos ecumênicos de apoio locais que estabelecemos nos municípios citados acima. Toda solidariedade e ajuda é muito bem vinda. Desde já agradecemos pela confiança e pelo apoio que puderem suscitar em suas comunidades paroquiais, missões e pontos de evangelização.

Em Cristo,
+ Sebastião Armando, Recife

* Bispo da Diocese Anglicana do Recife – DAR
www.dar.ieab.org.br

Obs: Imagens retiradas da página da diocese.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I