8. Uma mensagem tantas vezes repetida tende a naturalizar-se. O bombardeio diário da mídia (internet, rádio, TV, jornal, outdoors), pela insistência e pelas imagens, é capaz de criar e de nos jogar numa onda. Ainda mais que a rapidez e variedade das ofertas não deixam margem para discernimentos.

9. Seria fatalismo acreditar que a propaganda (comercial, política, religiosa) nos envolve por causa de sua perversa e até subliminar manipulação. Se nos atingem é por que exercem uma atração. Se encantam é porque insinuam respostas essenciais.

10. Pelo menos dois apelos universais, ligados aos interesses imediatos, mobilizam as pessoas: o medo de perder e a possibilidade de ganhar. Só um grau maior de consciência leva as pessoas a superar o reino da necessidade e buscar o reino da liberdade.

11. Os esforços pela emancipação humana se alimentam por dois valores humanos que se complementam – indignação e ternura. A indignação sempre alerta contra toda forma de injustiça e dominação. A ternura como paixão e celebração da Vida plena.

12. A propaganda experta pesquisa esses interesses e valores, explícitos ou inconscientes, em todo ser humano. Depois, aproveita datas significativas, criadas para quebrar a monotonia do cotidiano, para oferecer e vender a salvação para nossas carências.

13. Por isso, conseguem unir presentes, cores, festas… com fraternidade, família, abundância, paz, felicidade… Essa mistura gera o espírito de Natal onde as máquinas registradoras e as igrejas se reforçam. Como são respostas momentâneas, frustram.

14. Mas, na contradição, esses momentos provocam uma receptividade nas pessoas propícia à denúncia da exploração, opressão, desigualdades, violências… e o anúncio de uma esfera solidária e feliz de relação entre os humanos e com o planeta.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I