Angela Borges 7 de agosto de 2008

E a vida, por momentos, freou minha inspiração.
Parei, larguei a pena, cansei a mente.
Um cansaço pleno de inquietudes, de perdas.
Um corpo doído, a alma ferida.
Inspiração zero para as “miudezas”.

No desestímulo, caminhei e nele persisti.
Com as forças fracas, pouco busquei.
Acomodei-me às dores, esqueci o papel
Desprezei a caneta, o lápis e tudo o mais
Esqueci minhas “miudezas”

Permiti-me conscientemente assim caminhar
Largar compromissos, esvaziar a mente
A oração, minha força; Deus, meu guia
A vida, plenamente abandonada Nele
E dias foram e se foram e eu neles e com eles…

Hoje, sinto-me filha pródiga
Que volta entusiasmada, estimulada
Um retorno às “miudezas”
Um mergulhar carinhoso no entrelaços
Um coração que se abre
Que se sente entrelaçado.

09.07.2008

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I