([email protected])

No rebuliço das ondas
Vamos nós cortando as águas
Bate rede com rede
Corpo com corpo
Farinha, cupu-açú e bejú
Se misturam aos calçados
Debaixo do frenesi humano

Que horas chegamos a Santarém?
Tu vai prá lá?
Prá Macapá?
Manaus ,Belém?
Eu também.

Vamos cortando as águas
Amanheceu
E o rio continua longo
Café da manhã
Copos descartáveis no rio!!!!!!!!???????

O vento sopra mais forte
O cururú se aproxima
Olha uma balsa, duas, três
Levando o calcário de Itaituba

Quanta fumaça no rio
Não consigo ver a linda praia
De alter–do-chão
Só ponta de pedras

Vamos cortando as águas
Quando chegar em Santarém
Contaremos saudades da Vera Paz.

Barco motor Comandante Paiva,26/11/97

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I