([email protected])

Na verdade estou insatisfeito com a reflexão realizada sobre a imaginação.
Tinha em mente iniciar com esta pequena fabula: “então o robô-menino que se imaginava ser um menino robô, tendo encontrado a jamais conhecida e jamais vista ‘fada azul’ estava com ela bem ali diante de seus próprios olhos. Ele pediu então um único desejo que a fada azul ressuscitasse sua mãe humana…” e sabem por que não o fiz assim. Motivos: motivo: minha fabula fabulosa não ganharia os merecidos créditos…

Posso fugir dessa realidade absurda dentro de um pensamento meu. Próprio. Porque eu posso edificar tudo. De resto, é evidente faltam-me as palavras para lhe exprimir as coisas maravilhosas que não existem. E que não querem que existam.
Isso é perigoso! Alertavam-me os livros ontem à noite. Sócrates, Descartes, Platão, e tantos outros que não consegui se quer decorar os nomes. E tudo isso é imaginação ou realidade?

A filosofia afirma e aprova assim como a ciência: as coisas são reais. O que vemos é real. Podem ser ou não aquilo que verdadeiramente vemos. Mas ainda são reais. Seria, portanto, sim! Verdade: a realidade é o que é. Cabe-nos a distinção do real do imaginário, totalmente. Quando o fazemos para criar um outro mundo ao qual os outros seres humanos também podem ter acesso, a imaginação passa de sonho a obra de arte. Quando o fazemos para criar um outro mundo só nosso e ao qual ninguém mais pode ter acesso, a imaginação passa de sonho a loucura. Assim se tudo o que vemos no conjunto pode ser considerado como real: nós vemos o todo.

Devemos ter clara a idéia do mundo de nossas imaginações do mundo propriamente dito. Podemos também romper com isso. Se feito isso temos duas opções como já dizia Fernando Sabino: “Experimente, porventura, viver no mundo de maneira não consagrada, inédita, nova e estará ingressando no mundo dos loucos ou alcançando a supremacia dos santos”

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I