AMEMONOS, AHORA,
CON LA SERENIDAD QUE LA JUVENTUD NOS NEGO
Y, CUANDO MUERA LLEVAME, UNA SOLA VEZ
UNA FLOR, UNA LAGRIMA, Y OLVIDAME DESPUES

AMEMONOS, AHORA,
CON LOS OJOS NUEVOS, PRESTOS AL ASOMBRO
QUE EL TIEMPO TRANSCURRIDO SE LLEVO
Y, DESANDARE LOS CAMINOS SINUOSOS,
PARA RETORNAR A LA MANSA LLANURA DEL BESO

AMEMONOS, AHORA,
Y NO BUSQUES COMO MARIA MAGDALENA,
AL DIOS MUERTO, PUES NO ESTARE MUERTO,
NI SERE DIOS, SOLO SERE UNA HUELLA
QUE INEXORABLEMENTE BORRARA EL TIEMPO

AMEMONOS, AHORA,
Y, SI EL SILENCIO DE LA ALCOBA TE TRAICIONA,
NO ME NOMBRES, NI ME LLAMES, TE LO PIDO,
PORQUE HE VUELTO AL HABITO INMANENTE DE ESTAR SOLO
Y APRENDERAS, QUE AL AMOR LO MATARA EL OLVIDO.

04–11–07

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I