Vilmar Locatelli 19 de janeiro de 2008

Estou no meio do abismo
Troncos mortos
Descansam imóveis
Pés descalços se afirmam
No limiar da destruição
Tropeço e queda
Aguardam o momento do ataque

O mundo de cabeça para baixo
Folhas secas fazem cobertura
Para o solo
Estou no meio do abismo
Descer ou subir
É a decisão a tomar

O que é isto?
A natureza ignora o meu abismo
Os troncos retilíneos se afirmam
Na verticalidade

Eu sei…
Há algo maior que a minha pobreza

A riqueza das mãos se mostra
Na partilha do pão

Ainda há tempo para sentir o vento
Que acaricia o verde
Os pés e o abismo.

Chegou o tempo de fecundar
Esta terra…

Emaús,27/10/93

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I