Paulo Rebêlo 1 de dezembro de 2007


Título PT-BR: Dersu Uzala
Origem: Rússia (URSS, na época) e Japão, 1975 (?)
Cotação: 5 / 5

Sendo direto: Dersu Uzala é um dos melhores filmes da história do cinema, um dos melhores filmes do cinema russo e um dos melhores filmes do cineasta japonês Akira Kurosawa. Não apenas é uma obra-prima, como também é fascinante tudo que ele representa e que não é contado no filme.

Vamos por partes. Nos anos 70, houve um movimento na União Soviética para fazer produções conjuntas com o Japão, uma espécie de intercâmbio cultural. Não deu certo, mas Dersu Uzala foi o primeiro e talvez único (já procurei e nunca achei outro) filme a conseguir ser finalizado.

Os atores são russos, as locações são russas (na Sibéria literalmente gelada e em Moscou), o filme é falado em russo, mas é dirigido pelo japonês Akira Kurosawa, o mais famoso internacionalmente dos diretores japoneses.

O filme também marca o “renascimento” de Kurosawa, porque anos antes ele tentara suicídio. Foi o primeiro filme depois do incidente o qual, por anos, fechou as portas do diretor no Japão. Achou abrigo na Rússia e Dersu Uzala faturou o Oscar de melhor filme estrangeiro em 1976, numa época em que o Oscar ainda era levado a sério.

O filme é baseado no romance de Vladimir Arseniev, que eu já procurei muito e nunca encontrei. Aliás, encontrei, em russo, inclusive uma versão nova e atualizada de 2007, mas nunca em inglês. Existe outro filme chamado Dersu Uzala, filmado na Rússia em 1961, mas nunca achei informações sobre ele. No IMDB, não tem nada além do título e atores, aliás, nem o Dersu Uzala famoso (este de Kurosawa) há informações além das básicas.

A sinopse, em poucas linhas? É um filme sobre amizade de um jeito extremamente peculiar. Um pesquisador russo e sua expedição estão na Sibéria, mapeando os confins do planeta, quando encontram um caçador “ignorante” na visão deles, mas extremamente sábio. Do encontro inusitado, nasce uma amizade entre Dersu e o Capitão (Kapitan !!!) que é permeada durante as 2h30 de paisagens belíssimas e aterrorizantes ao mesmo tempo.

Ninguém sabe ao certo quando o filme foi finalizado. O IMDB mostra 1975, mas várias fontes falam em 1976 e algumas dizem 1974. A edição que eu tenho é uma ‘remasterizada’ nos Estados Unidos do original russo e diz 1974, tem os 144 minutos da versão original. Há uma outra versão, a internacional, com 141 minutos.

O ator que faz Dersu Uzala, o Maksim Munzuk, fez pouquíssimos filmes na vida. De acordo com o IMDB, só tem nove atuações e morreu em 1999, em Tyva, mesma região russa onde ele nasceu em 1910. Já o capitão, Yuri Solomin, era relativamente conhecido na Rússia e continou fazendo filmes. Aliás, tem um programado para 2008 com ele! E será o ator principal, aos 73 anos.

Dersu Uzala é filme para ter e passar adiante.

Obs: 1 – Imagem enviada pelo autor

Obs:2 -O sistema de cotação dos filmes varia de 1 a 5, algo como:
1.0 : não vale nem um algodão doce
1.5 : não perca seu tempo, vá ler um gibi
2.0 : medíocre, mas talvez tenha algo diferente
2.5 : razoável, vale por algum motivo
3.0 : bom filme, assista se gosta de cinema
3.5 : bom filme, não perca
4.0 : excelente filme, vale cada centavo e minuto
4.5 : vale até mesmo comprar o DVD para a posteridade
5.0 : supra-sumo

As cotações são estritamente pessoais. Para saber o que o resto do mundo pensa sobre determinado filme, visite o IMDB ( www.imdb.com/ ) e procure pelo título desejado.

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I