BRASIL, ó meu Brasil querido! Teus filhos te vêem chorar com a corrupção daqueles que deviam zelar pelo teu povo!
Tua fama espalha-se pelo mundo a fora, não aquela fama que mereces… Está bem manchada, deturpada!
A poética “terra das palmeiras”, as tuas belezas e riquezas naturais, não são usufruídas pelos teus filhos. Estão sendo destruídas a tua flora, tua fauna… Tudo por interesses próprios que não contribuem para o teu progresso.

Será que continuas “deitado eternamente em berço esplêndido”?
Acorda, Brasil! Vê o sofrimento dos nativos! Teus pobres filhos não têm direito de viver! A ganância, a ambição de muitos – não os deixam crescer!
Ainda agüentas tanta corrupção? Em quem confiar???

Acorda, Brasil! Não deixes morrer a esperança daqueles que estão cansados de esperar, que sonham por dias melhores, que querem te ver aquela “Pátria amada, idolatrada. Salve! Salve!”

[email protected]

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I