Carlota Augusta 16 de dezembro de 2006

Quando estou cá, eu rio prá poder viver.
Quando estou lá ,eu rio prá deixar viver,
É talvez por isso que a tristeza,
Porque já não tem hora prá si
( pois se não estou cá, estou lá – estou sempre rindo)
Vem na mesma hora que o riso,
e já não consigo deixar de rir.
Só que às vezes dói, sabe?
às vezes dói rir sempre!
Mas que fazer?
Há outros mais tristes, ou há tanta alegria,
que a minha tristeza não pode caber.
Então, sabe?
Eu dou as costas para mim e viro de frente para os outros…
e já viro de frente a sorrir.
Às vezes eu desanimo, penso em sair por aí,
em fechar o riso forçado, em deixá-lo morrer frente a alguém.
Eu já tentei, sabe?
já consegui algumas vezes, mas não nas horas piores.
Nas horas piores não há tempo…
há um riso marcado para as três horas, que alguém precisa ouvir.
E é mais importante que eu ria prá alegrar a tristeza dos outros
do que afogá-los mais ainda numa outra tristeza… a minha,
Por isso, se um dia desses,notarem que não consigo sorrir,
não zanguem, não pensem em nada…
É apenas a hora livre que eu tive prá ficar triste…
O tempo entre o CÁ E O LA´!!!!

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I