Lila Costa 1 de agosto de 2006

As festas me encantam: Natal, São João, Carnaval, da Padroeira e de aniversário em especial. Além de celebrar a vida, de agradecer a Deus por mais um ano de existência, o gostoso mesmo é reunir os parentes, as pessoas queridas e os amigos. Todos aqueles que deixam os seus afazeres e vêm se juntar a você para festejar.

O que vale não é o tamanho da festa, mas sim a grandeza do encontro. Interagimos uns com os outros. Temos a chance de encontrar gente diferente: no fazer, no pensar e no ser.
Pessoas das mais variadas atividades profissionais e idades: compartilham, discutem, expõem idéias e pensamentos.

Na minha última festa de aniversário vivenciei uma experiência inusitada: várias amigas entre 49 e 73 anos, mães, filhas, casadas, separadas (sem amor), solteiras (vivendo grande amores), grupo formado naturalmente, discutiam e partilhavam experiências, de forma calorosa e alegre, pareciam mais meninas de escola.

É inimaginável o tamanho e a gratificação dessas trocas. Senti que todas saíram felizes e plenas por terem partilhado assuntos dos mais variados: de amor a política partidária. Tudo isso sem ter sido premeditado, muito menos planejado. Aconteceu espontaneamente, da maneira que se formam os grupos, naturalmente: sentam juntas, uma conversa daqui, outras de acolá e os assuntos vão brotando como semente em terra fértil: dos mais simples aos mais sérios e complicados. O fato é que o resultado foi tão bom, que uma delas sugeriu que formássemos um grupo com aquelas mulheres e outras mais que queiram fazer parte, para aprofundamos os assuntos ali tratados e outros que venham à tona. Que os encontros tenham uma certa periodicidade, para que não se percam no tempo e fiquem só no desejo.

Não posso deixar de mencionar o prazer que é preparar a festa. Tudo feito em casa e com carinho, pensando em cada pessoa, tudo gostoso e saudável, preocupação própria da atualidade: pouco sal, açúcar e gordura. Depois vem o melhor a sessão de elogios. É gratificante a satisfação de todos.

Em suma, festejar para mim é uma grande dádiva.

Obs: As fotos foram enviadas pela autora em tamanho normal ( necessário a diminuição para a colagem)

Este texto expressa exclusivamente a opinião do autor e foi publicado da forma como foi recebido, sem alterações pela equipe do Entrelaços.


busca
autores

Autores

biblioteca

Biblioteca

Entrelaços do Coração é uma revista online e sem fins lucrativos compartilhada por diversos autores. Neste espaço, você encontra várias vertentes da literatura: atualidades, crônicas, reportagens, contos, poesias, fotografias, entre outros. Não há linha específica a ser seguida, pois acreditamos que a unidade do SER é buscada na multiplicidade de ideias, sonhos, projetos. Cada autor assume inteira responsabilidade sobre o conteúdo, não representando necessariamente a linha editorial dos demais.
Poemas Silenciosos

Flickr do (Entre)laços

ExposiçãoDesenhos

Série "Natureza"

Série Natureza

DeJanelaEmJanela

DeCostas

Série "Detalhes"

Série "MoradaImprovisada"

Série Morada Improvisada

Finados

Tratando de peixe

Série Flores

Série Flores

Esporte na Colônia

Série Natureza 01

Série Natureza 05

Caxambu

Caxambu

Caxambu - 02

Caxambu - 01

Penumbra...

Aglomeração...

Portão florido...

Barra Palace

Conjunto Harmonioso...

Reunião privada...

Espaços ocupados...

Arquitetura Perfeita...

Convergência II

Convergência I